Os Eternos é o novo longa da Marvel que apresenta um grupo de seres poderosos que se esconderam nas sombras do mundo por milhares de anos, sendo guardiões da humanidade à distância. Talvez por isso os fãs se perguntam sobre o motivo da ausência deles quando Thanos estalou os dedos e apagou metade do Universo. E essa pergunta enfim foi respondida, ainda que de forma simples.

Segundo a Entertainment Weeklyque lançou uma edição de sua revista com os heróis em capas especiais, o filme vai explicar os eventos que levaram aos filmes dos Vingadores da seguinte forma: os Eternos são dedicados à sua única missão dada pelos Celestiais, que é caçar os desviantes, sem nunca interferir nos assuntos humanos.

Sem dúvida, teremos uma versão diferente do que os fãs estão acostumados. Afinal, nos quadrinhos, Thanos era um Titã com a síndrome do desviante, um desdobramento genético dos Eternos como raça – uma faceta que não vimos explorada na história de fundo que recebemos em Vingadores: Guerra Infinita e Ultimato.

Gemma Chan, que interpreta Sersi no filme, disse à EW que nem todos os Eternos estão satisfeitos com a não intervenção. “Ela é interessante porque ela é um ser imortal, mas também tem os pés no chão. Ela tem um espírito um pouco livre e adora estar entre os humanos”, disse a atriz.

Quando encontramos Sersi em Os Eternos, ela vive em sociedade, mais especificamente em Londres, trabalhando como curadora em um museu, e até tem um relacionamento amoroso com Dane Whitman — o Cavaleiro Negro interpretado por Kit Harington, o eterno Jon Snow de Game of Thrones.

Assine a newsletter do Gizmodo

Os Eternos chega aos cinemas em 5 de novembro.