Ano passado, a Samsung tirou da Nokia o título de empresa que mais vende celular no mundo. Agora, eles têm uma série de aparelhos para disputar contra a linha Asha, aposta forte da Nokia em celulares baratos.

Afinal, nem só de smartphones vive a Samsung. Apesar de ter uma enorme linha Galaxy, a coreana também oferece aparelhos simples, e anunciou recentemente a linha REX de dumbphones – todos com touchscreen, Wi-Fi e opção dual-chip.

São quatro aparelhos: Rex 90, Rex 80, Rex 70 e Rex 60. Eles possuem um sistema proprietário que roda apps em Java, personalizado com a TouchWiz da Samsung. E alguns deles, como o Rex 70 (abaixo), até emprestam um pouco do design do Galaxy S III – mas certamente ninguém vai confundir o smartphone com estes aparelhos mais simples.

samsung-rex2

Os tamanhos de tela variam entre 2,8″ e 3,5″, mas as touchscreens são capacitivas (exceto no modelo Rex 60). Nenhum dos aparelhos tem 3G, mas todos têm Wi-Fi b/g/n, além de Bluetooth 3.0. Todos têm opções dual-SIM, e os aparelhos podem receber chamadas de uma linha enquanto você estiver em ligação na outra linha. Os aparelhos também permitem trocar o chip sem desligar o aparelho, assim como na linha Nokia Asha.

Todos têm câmera sem flash (máximo de 3.2 megapixels), memória expansível por microSD e bateria de 1.000 mAh. Quanto aos recursos de software, eles são obviamente limitados: Opera Mini como navegador, Gtalk e Facebook chat embutidos, suporte a apps Java e algum suporte a codecs de áudio e vídeo.

Para quem evita gastar muito em celular, e quer fugir da experiência ruim de muitos aparelhos low-end com Android – alguns da própria Samsung – o jeito é escolher um dumbphone mais esperto. Mas isso depende muito do preço, é claro: o Wall Street Journal diz que os aparelhos serão vendidos por até US$100 em mercados emergentes, mas a Samsung ainda não revela o preço destes aparelhos no Brasil, nem se irá lançá-los por aqui. [Samsung via Fierce Wireless]