Estamos prestes a entrar na era dos smartphones com 1TB de armazenamento. E os aparelhos da Samsung podem ser os primeiros a oferecer esse espaço absurdo. A companhia anunciou nesta terça-feira (29) que começou a produzir em grande escala o armazenamento flash de 1TB.

Esses cartões são chamados eUFS (embedded Universal Flash Storage) e foram apresentados em 2015. De acordo com a Samsung, foram precisos apenas quatro anos para que conseguissem aumentar a capacidade do cartão de 128GB para 1TB, mantendo-o pequeno o suficiente para celulares.

A companhia destaca ainda que 1TB é o suficiente para armazenar 260 vídeos 4K de 10 minutos, enquanto que um smartphone com 64GB de armazenamento já pede arrego com uns 13 vídeos desses. Eu não sei vocês, mas eu não gravo tanto no meu celular e 64GB sempre foram o suficiente – mas, aos poucos, parece que precisarei pular para 128GB.

O cartão também é mais rápido do que versões anteriores, chegando a 1.000 MB/s para leitura sequencial e 260 MB/s para escrita sequencial. A velocidade de leitura aleatória aumentou 38% se comparado com o eUFS de 512GB. A Samsung afirma que o seu novo chip de armazenamento é 500 vezes mais rápido do que “um microSD de alta performance”.

Especula-se que uma versão especial do Galaxy S10 com hardware super potente terá 1TB de armazenamento.

Eu não consigo me imaginar usando tudo isso de armazenamento, mas para um cara que quer usar o celular como câmera principal para produções em 4K, deve ser uma boa. Além disso, quem já usou um cartão microSD num smartphone deve ter percebido que o desempenho cai consideravelmente – um opção nativa como essa é muito bem-vinda para performance.

[Samsung]