Além de confirmar a chegada do Galaxy Note 20 no Brasil, a Samsung revelou nesta quarta-feira (2) que outros dois produtos da linha Galaxy serão lançados em território nacional. São eles: o Galaxy Buds Live, novo fone de ouvido sem fio, e o Galaxy Watch 3, relógio inteligente com novas funções voltadas para a saúde. Eles serão vendidos, respectivamente, por R$ 1.299 e R$ 2.799 (modelo de 41 mm) e R$ 2.999 (45 mm).

Samsung e o pé de feijão

O fone Galaxy Buds Live atualiza o design dos fones Bluetooth da Samsung – tem gente chamando o acessório de “feijãozinho” pelo formato que lembra mesmo um feijão. Segundo a marca sul coreana, o design foi pensado justamente para distribuir os componentes internos na horizontal, proporcionando uma posição mais confortável e ergonômica. Ele não é intra-auricular, mas a fabricante garante que fica seguro no seu ouvido (olhando fotos de quem já testou, achei que o encaixe fica bonito, visualmente falando).

Samsung Galaxy Buds Live. Crédito: Samsung

Imagem: Samsung

O dispositivo vem com um sistema de áudio da AKG, combinando um alto-falante de 12 mm e duto de graves para gerar sons mais profundos, além de três microfones em cada lado do fone. E como já era de se esperar, também possui função de cancelamento de ruído ativo que, segundo a Samsung, reduz até 97% do barulho externo, mas não elimina por completo sons considerados essenciais, como vozes de pessoas ou buzinas de carros no trânsito.

Vem ainda com controle de toque para trocar ou pausar as músicas, suporte para controles de voz via assistente virtual Bixby e tem autonomia de seis horas com 100% da carga. O estojo de carregamento, que pode ser carregado via USB-C ou wireless, amplia essa capacidade para 21 horas de reprodução, e com apenas cinco minutos de recarga você tem uma hora de música garantida.

Samsung Galaxy Buds Live. Crédito: Samsung

Imagem: Samsung

Foco na saúde

Falando agora do Galaxy Watch 3. O acessório estará disponível nos tamanhos de 41 e 45 mm, com telas AMOLED circulares de 1,2 e 1,4 polegadas, respectivamente. No mais, as características e especificações são as mesmas: 8 GB de armazenamento interno, conectividade 4G, coroa giratória para controle do dispositivo e uma montanha de recursos para monitorar seus dados vitais. Neste aspecto, uma das novidades é a leitura de eletrocardiograma (ECG) e da pressão arterial, ambos já aprovados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

O Watch 3 também possui um recurso de análise de corrida, trazendo informações em tempo real durante suas corridas e ainda relatórios pós-treino. Além disso, oferece acompanhamento do progresso cardiovascular, que possibilita fácil acesso aos índices de consumo de oxigênio a partir da leitura de VO2 máximo.

Samsung Galaxy Watch 3. Crédito: Samsung

Imagem: Samsung

Outros recursos inclusos no relógio são o monitoramento de estresse, biblioteca com mais de 120 exercícios diferentes em vídeos – que você pode espelhar em uma Smart TV da Samsung -, detector de quedas e uma galeria com mais de 80 mil opções de mostradores e 40 submostradores diferentes (ouch, Apple Watch).

Uma novidade é que recentemente a Samsung informou que conseguirá fabricar localmente smartwatches. Então, pode ser que com o tempo o preço desses dispositivos fiquem mais acessíveis por aqui.

Reforçando os preços

Então só para relembrarmos os valores oficiais: o fone Galaxy Buds Live custará R$ 1.299 nas cores bronze, preto e branco. Já o Galaxy Watch 3 sai por R$ 2.799 (41 mm) e R$ 2.999 (45 mm), nas cores bronze e prata.

E como já é de costume, a Samsung lançou uma campanha promocional e limitada para o lançamento dos produtos. Quem comprar os Galaxy Buds Live na pré-venda e se cadastrar no site da companhia ganhará um voucher de R$ 400 para comprar outros dispositivos da marca sul-coreana. O mesmo vale para o Galaxy Watch 3, mas o valor é maior: R$ 700 em um voucher para compra de outros aparelhos. A pré-venda acontece entre os dias 3 e 17 de setembro.