Samsung e Google anunciaram o primeiro smartphone com Ice Cream Sandwich, nova versão do Android: o Galaxy Nexus se destaca pela tela incrível e pelo design fino e curvo, além da câmera rápida no gatilho e velocidade em geral.

A enorme tela Super AMOLED de 4,65″ tem resolução enorme de 1280×720 pixels e proporção widescreen 16:9. A tela é mesmo grande, mas a borda ao redor dela é bem fina – apenas 4,29mm. Na tela ficam os botões Voltar, Menu e Home, que giram quando você vira o aparelho, e somem quando você assiste a um vídeo, por exemplo – não há botões físicos na frente. O tempo de resposta da touchscreen é de apenas 0,01 milissegundo: já ficamos impressionados com a tela do Galaxy S II, e esta também promete maior agilidade.

O design do aparelho também chama a atenção: com 135g, o aparelho é fino e curvado, com 8,94mm de espessura, e curvado para ficar mais natural na mão e ao rosto. Ele também tem cobertura Hyperskin na tampa traseira, uma textura em plástico semelhante à traseira do Galaxy S II.

A câmera do Galaxy Nexus com flash LED tira fotos de 5 megapixels, e faz fotos sequenciais extremamente rápido graças ao Ice Cream Sandwich, além de tirar fotos panorâmicas. A câmera também filma em 1080p a 30fps com estabilização de imagem, com suporte a time lapse, zoom durante a gravação e o mais incrível: tirar fotos enquanto você grava vídeo. Ele também tem câmera frontal de 1,3MP para videoconferências.

Falaremos do Ice Cream Sandwich em detalhes mais tarde, mas eis o básico. O Galaxy Nexus virá com o Android puro, sem customizações da Samsung. Ele conta com novidades na interface, bastante inspirada no Honeycomb. Deu pra ver que o Google pensou na experiência como um todo, deixando todas as transições e tarefas mais belas e mais agradáveis. Claro que ganhamos novas funções também: apps do Google atualizados, câmera com filtros à la Instagram, transcrição de voz quase instantânea, reconhecimento facial para destravar o celular e Android Beam – que transfere links, contatos e mais através de NFC.

E as especificações internas? Ficamos tão impressionados com a experiência do aparelho que, finalmente, isso não parece importar tanto quanto antes. Mas vamos lá: processador dual-core de 1.2GHz, 1GB de RAM, opção entre 16GB ou 32GB de memória interna (não-expansível via cartão SD, infelizmente) e bateria de 1750mAh. Além de USB 2.0, Bluetooth 3.0 e Wi-Fi b/g/n, ele tem acelerômetro, bússola, giroscópio, sensor de luz/proximidade e até barômetro. Ele terá duas versões, uma para redes HSPA+ e LTE – esse é o 4G, que ainda não temos no Brasil.

E quando ele chega ao Brasil? A Samsung, infelizmente, não citou nem a América Latina para o lançamento do Galaxy Nexus: ele chega em novembro nos EUA, Europa e Ásia, “e será lançado gradualmente em outros mercados globais”. Não tivemos sorte com o Nexus One nem com o Nexus S – será que agora vai? [Samsung]