A Samsung anunciou na sexta que o Galaxy Nexus, o Google Phone que receberá o Android 4.0 antes de todos os outros, não chegará ao Brasil este ano, mas estaria “confirmado” para o primeiro trimestre de 2012. Será que dessa vez vai?

Este ano eu ouvi de pessoas da Samsung a promessa que o Nexus S (o Google Phone anterior) chegaria para nós, ainda no primeiro semestre. Ele foi homologado pela Anatel, e depois foi adiado, adiado, até que os coreanos finalmente comunicaram que ele não viria mais. No início deram uma desculpa meio maluca, de que ele não cumpria uma resolução da Anatel, o que não fazia muito sentido. Depois abriram o jogo e disseram que basicamente desistiram dele por “motivos comerciais”. O que, cá entre nós, era algo razoavelmente justificado: o S II chegaria com mais pompa e recursos, por provavelmente o mesmo preço e mais apelo de marketing. A Samsung resolveu priorizar um deles, e a julgar pelo sucesso do S II aqui, fez bem.

Então eu vejo a notícia da chegada do Galaxy Nexus torcendo para que seja verdadeira mas com um pé atrás. Há uma página em português do Google com informações do aparelho, mas o pessoal do próprio Google disse pra gente que isso é padrão e não garante qualquer coisa. Eu particularmente acho que a Samsung ainda está avaliando o cenário. No mercado brasileiro onde proporcionalmente não há tanto espaço para smartphones caros top de linha, colocar dois nas prateleiras pode gerar alguma confusão. Mas esperemos. Em duas semanas ele estará nas mãos de americanos e europeus e, se a recepção de público e crítica por lá for boa (o primeiro Nexus não fez esse sucesso todo), pode ter certeza que ele virá. Caso contrário, espere sentado – ou descole um em uma viagem. É o que vou fazer, pelo menos.