Edward Hosford tirou uma série de fotos de altíssima velocidade que capturaram balões d’água… sem os balões. As imagens foram feitas no momento da explosão, quando a borracha da bexiga era aberta. Parece alguém segurando uma bola de água. 

Na verdade ele conseguiu fazer todo o trabalho sozinho, sem ajuda. Em entrevista à NPR, ele disse que a câmera em si foi a parte menos importante do processo. Que funciona assim: ele fica no escuro e posiciona a máquina para tirar uma foto em longa exposição (cerca de 2 segundos). O flash é disparado no momento da explosão – e é acionado pelo barulho, a partir de uma gambiarra que ele produziu. Edward disse que fica meio cego e molhado a cada tentativa, mas o resultado compensa. [Edward Hosford via NPR via Neatorama]