É fácil lembrar da última em vez que você teve TPLag, embora nem a gente soubesse que isso tinha esse nome. Você foi lá, comprou uma máquina poderosa, chegou em casa, foi jogar Crysis e ai, amigo, haja coração. Tela azul. Tudo travado. O jogo não roda.

Durante as gravações do vídeo que você vai ver abaixo, o nosso designer durante o horário comercial, gamer desde pequenininho e ator-de-um-vídeo-só, Vinicius Cassaca, disse o que a gente sempre quis dizer, mas não sabia como.

As mulheres têm TPM uma vez por mês. É aquela fase em que as meninas ficam mais bravas, mais sensíveis. Homens e mulheres que jogam games, porém, sabem que podem ficar mais bravos (e mais sensíveis) todos os dias: é quando ataca a TPLag. O computador não funciona, a imagem trava. É aquele momento em que o mouse é arremessado pela janela, você bate a cabeça no teclado. É a hora #dramasreais.

A Kingston decidiu então desafiar o Vinicius – e o Kotaku – para experimentar um computador sem e com uma memória HyperX. O desafio? Mostrar que um mundo sem TPLag é possível. Quer ver o resultado? Dê uma olhada no vídeo (mas, se você tem muita sensibilidade a mouses quebrados, é melhor evitar…)

Quer saber mais sobre a HyperX? Então visite o site da Kingston


Os comentários estão desativados.