Ciência

Sonda Odysseus envia última foto da Lua antes de acabar a bateria

Odysseus fez história ao se tornar a primeira sonda de uma empresa privada a pousar no solo lunar, e marca o retorno dos EUA na Lua após mais de 50 anos
Imagem: Intuitive Machines/Reprodução

A sonda espacial privada IM-1, mais conhecida pelo seu apelido Odysseus, enviou à Terra sua última imagem da Lua antes de ficar sem bateria. A imagem foi capturada no dia 22 de fevereiro, e publicada pela companhia Intuitive Machines na última quinta-feira (29).

“Esta imagem de 22 de fevereiro mostra a Terra crescente como pano de fundo, um lembrete sutil da presença da humanidade no universo”, disse a empresa em um post no X (antigo Twitter). “Boa noite, Odie. Esperamos ouvir de você novamente”, completou a mensagem.

Após receberem a foto, os astrônomos colocaram os computadores e sistemas de energia da Odysseus em modo de espera. Apesar da despedida, a mudança pode não ser um adeus, já que a sonda poderá acordar em duas a três semanas – mas isso só se sobreviver à noite lunar extremamente fria.

Histórico pouso na Lua

A Odysseus fez história ao se tornar a primeira sonda de uma empresa privada a pousar no solo lunar. A missão também tem outro marco no currículo: o retorno dos EUA na Lua após mais de 50 anos. A última vez que uma nave feita no país tinha pousado no solo lunar tinha sido com a era Apollo.

Apesar de esta ser uma missão privada, a NASA pagou 118 milhões de dólares (R$ 585,8 milhões, na cotação atual) para transportar instrumentos científicos e tecnológicos dentro do módulo da empresa.

O pouso não foi fácil para a IM-1, já que a missão enfrentou uma série de desafios. A ferramenta da Intuitive Machines, que deveria ser usada para orientação durante a descida, não funcionou.

Assim, a empresa foi forçada a usar um instrumento da NASA. A agência espacial dos EUA apoiou a missão e, além disso, pagou 118 milhões de dólares (R$ 585,8) para transportar instrumentos científicos e tecnológicos dentro do módulo da série Nova-C.

A empresa explicou que sonda chegou muito rápido, derrapou e caiu de lado ao pousar, prejudicando as comunicações e a energia.

Assine a newsletter do Giz Brasil

Gabriel Andrade

Gabriel Andrade

Jornalista que cobre ciência, economia e tudo mais. Já passou por veículos como Poder360, Carta Capital e Yahoo.

fique por dentro
das novidades giz Inscreva-se agora para receber em primeira mão todas as notícias sobre tecnologia, ciência e cultura, reviews e comparativos exclusivos de produtos, além de descontos imperdíveis em ofertas exclusivas