A Sony terá uma ‘grande’ atualização que chegará ao PlayStation 5 até o fim de 2021. Para ajudar a testar o software antes do lançamento oficial, foi criado um programa beta – a primeira vez que isso acontece neste console.

A partir de hoje (18), qualquer pessoa com mais de 18 anos que more nos EUA, Canadá, Japão, Reino Unido, Alemanha e França pode se registrar gratuitamente clicando aqui. A empresa não limitou o número de pessoas aceitas no programa, mas a ideia é deixar usuários testarem as novas funções e dar devidos feedbacks antes que o update seja liberado ao resto do público.

A Sony diz que, caso um dono de PS5 seja selecionado, o único porém é ter conexão à internet e uma conta na PlayStation Network (PSN). Uma vez aprovados, os participantes receberão um e-mail com instruções sobre como baixar o beta, sendo inscritos automaticamente em outros possíveis testes do futuro.

Por ora, a Sony não divulgou nenhuma nova função ou serviço envolvido no teste do beta, mas novidades virão “nas próximas semanas”, conforme relatado no blog. A maior atualização de software do PS5 ocorreu em abril, possibilitando armazenar jogos em HDs externos, fazer Share Play com o PS4 e novas opções de personalização.

Assine a newsletter do Gizmodo

Seguindo o lançamento o PS5, uma das maiores funcionalidades que a fabricante prometeu (e ainda não entregou) foi a possibilidade de instalar um segundo SSD no console. A Sony diz que planeja liberar uma lista de SSDs aprovados, já testados e compatíveis com o PS5, uma vez que a função for ao ar. Com ambas as versões do console oferecendo a base de 667GB, qualquer armazenamento adicional é sempre bem-vindo.

Em comparação direta, a Microsoft anunciou o retorno do Xbox Design Lab meses depois do hiato de 8 meses, que coincidiu com o lançamento dos novos consoles (Series X e Series S, em novembro). O Design Lab permite pessoas criarem uma paleta de cores para o controle do Series, com mais de 18 cores e vários componentes, incluindo analógicos, botões, gatilhos e a carcaça plástica.

Os controles deste programa custam 70 dólares cada (cerca de R$350, ou seja, pelo menos 50 reais mais barato que o gamepad padrão vendido no Brasil) e há como investir 10 dólares adicionais para ter sua GamerTag impressa no produto.