O Spotify anunciou nesta terça-feira (12) que renomeou o seu antigo aplicativo Greenroom para “Spotify Live”. A novidade é vista como um movimento estratégico da empresa para embarcar no hype em torno dos podcasts ao vivo.

O aplicativo autônomo – independente do tradicional Spotify – permite que os ouvintes possam acompanhar transmissões ao vivo de seus criadores de conteúdo preferidos, além de interagir em salas de bate-papo.

Lançado em março do ano passado, como um potencial concorrente do Clubhouse, o Greenroom foi construído a partir do aplicativo Locker Room, desenvolvido pela Betty Labs – controlada atualmente pelo Spotify. Porém, o app de áudio acabou flopando, ficando atrás de outros apps e serviços rivais, como o Twitter Spaces, por exemplo.

Para dar aquela esquentada na nova marca, o serviço de streaming pretende promover uma série de eventos ao vivo, como, por exemplo, programas do podcast americano “Off the Record com DJ Akademiks” ou o talk show exclusivo “Call Her Daddy”, da apresentadora Alexandra Cooper.

Por mais que os áudios ao vivo possam ser acompanhados no aplicativo tradicional – por meio do podcast do criador ou da página do artista – aqueles que querem entrar na conversa em tempo real precisam usar o Spotify Live.

“Essa mudança reflete nossa crença no futuro dos criadores de áudio ao vivo e experiências ao vivo sendo fornecidas a todos os 406 milhões de ouvintes do Spotify em todo o mundo”, afirmou a empresa em comunicado.

O novo aplicativo de transmissões ao vivo pode ser baixado gratuitamente em dispositivos Android e iOS.