O Google tem um novo web app experimental para você testar: o Squoosh. Ele usa o que há de mais novo em tecnologia de compressão de imagem para compactar suas fotos em arquivos menores com uma perda mínima de qualidade. Mas o que realmente impressiona no app, codificado na linguagem de programação WebAssembly, é a sua velocidade, mesmo com uma carga relativamente pesada.

“Essa potente ferramenta de compressão de imagem inicia quase instantaneamente e então traz uma interface de usuário suave mesmo quando está fazendo trabalho pesado, incluindo usando WebAssembly para fazer mais com codecs que o navegador não tem embutidos”, disse a equipe do Google Chrome Labs.



O Squoosh funciona uma imagem por vez. Captura de tela: Gizmodo

O app do Squoosh em si é incrivelmente simples de usar. Abra-o em seu navegador e então arraste ou solte uma imagem na aba do navegador ou clique em Select an image para subir uma do seu computador (ainda não existe integração com o Google Fotos). Se você não tem uma imagem para colocar, use uma das amostras, na parte inferior.

No canto esquerdo inferior, você pode simplesmente converter a imagem em outro formato, usando as configurações padrão — WebP, PNG, JPEG, o que preferir. Você será informado sobre o quão pequeno o resultado será e, então, pode clicar em salvar.

É preciso fazer uma compressão muito grande para notar a diferença de qualidade. Captura de tela: Gizmodo

À direita, você tem mais controle sobre a compressão: escolha seu padrão de compactação a partir do menu (MozJPEG, OptiPNG, WebP e assim por diante), use o slider para mudar a intensidade da compressão. Mais compactação significa arquivos menores e imagem de menor qualidade.

As mudanças são aplicadas em tempo real, conforme você as faz — use o slider na prévia da imagem para ver como suas opções de compressão selecionadas estão afetando a qualidade da imagem (os controles de zoom aqui podem te ajudar a deixar pixels e artefatos individuais visíveis).

O Squoosh também permite que você redimensione as imagens. Captura de tela: Gizmodo

Para reduzir ainda mais a imagem, você pode redimensioná-la ou reduzir o número de cores usando as opções no painel à direita. Clique em Show advanced settings para ter ainda mais controle, embora essas configurações (incluindo suavização e modelagem de ruído) dificilmente tenham muita utilidade ou interesse, a menos que você seja um desenvolvedor.

Depois disso, basta clicar no botão de download (no canto direito inferior) e pronto. Ficamos muito impressionados com o tamanho das reduções de arquivo que o Squoosh conseguiu alcançar, sem perder muito a qualidade de imagem, embora isso se deva ao poder dos algoritmos de compactação por trás do aplicativo, em vez do aplicativo em si.

Você pode rapidamente ver o quão pequeno o seu arquivo de imagem está ficando. Captura de tela: Gizmodo

Ainda não existe opção para o processamento de imagens em conjunto, o que limita o apelo do app — se você está acostumado a selecionar opções de compactação no seu editor de imagens preferido, o Squoosh não oferece nada que fará você trocar rapidinho de serviço.

Porém, além da compressão de imagens, o verdadeiro objetivo do Google aqui é mostrar como apps complexos podem carregar rapidamente no navegador — mesmo com trabalhos relativamente pesados. O que significa melhores web apps à vista.

A concorrência

Ok, talvez você não vá abrir o seu navegador para usar o Squoosh em vez de simplesmente usar algo como o Photoshop para comprimir suas imagens. Ainda assim, em termos de softwares de compactação de imagens online, é difícil acharmos algo melhor do que o Squoosh — pelo menos para imagens individuais. O TinyPNG, por exemplo, funciona com arquivos JPEG e PNG, consegue lidar com até 20 imagens de uma vez e preserva a transparência — mas ele não te dá tantas opções ou uma prévia embutida.

Parecido, o ImageResize.org comprime até 20 imagens JPEG ou PNG de uma vez, mas ele não oferece nada como prévia ou opções de compressão. A compactação aqui também é um pouco mais pesada, o que ajuda no tamanho dos arquivos, mas não na qualidade da imagem. O site também redimensiona suas imagens, se necessário, mas não simultaneamente ao processo de compressão.

O TinyPNG é uma das suas opções na web. Captura de tela: Gizmodo

O Compressor.io é o web app mais próximo do Squoosh que pudemos encontrar. Ele permite que você escolha entre dois níveis de compressão e também oferece um preview, além de suporta para quatro tipos de arquivo: JPEG, PNG, GIF e SVG. No entanto, você só pode processar um arquivo por vez, e existe um tamanho limite de imagem de 10 MB.

Se você precisar compactar um monte de imagens de uma vez, tente o ILoveIMG: nele, você pode subir dúzias de fotos numa tacada só (15 como visitante, 30 como usuário registrado do serviço gratuito). Porém, ele não deixa você escolher o nível de compressão (isso é selecionado automaticamente por você, de forma a maximizar a qualidade da imagem).

O ImageOptim é um compressor de imagens para macOS bem direto. Captura de tela: Gizmodo

Você tem várias outras opções também, mas nenhuma que realmente lhe permita um controle tão detalhado quanto o Squoosh. A mesma coisa para o desktop: programas como OptiPNG e PNGGauntlet, para Windows, e ImageOptim e Squash, para Mac, são bons para compactar dúzias de imagens ao mesmo tempo, mas não dã muitas opções de customização em termos de níveis de compressão.

O recém-atualizado RIOT (Radical Image Optimization Tool), para Windows, traz a mesma comparação de antes e depois que o Squoosh. Ele também deixa você escolher o nível de compressão manualmente, lidando até com várias imagens ao mesmo tempo — se você precisa redimensionar várias imagens no Windows, ele é uma das melhores escolhas.

O RIOT é uma das melhores opções no Windows. Captura de tela: Gizmodo

No entanto, para a maioria dos usuários, a compressão de imagens não é algo a se pensar: o Squoosh e todos os apps como esse são mais para desenvolvedores web e pessoas que passam tempo publicando conteúdo na rede. Esses usuários normalmente precisam trabalhar com várias imagens de uma vez, o que significa que o Squoosh — por mais detalhado e rápido que seja — tem um valor limitado, especialmente com tantas alternativas por aí.

Ainda assim, se você tem algumas imagens que precisa redimensionar ou compactar — ou se você simplesmente quiser dar uma checada no estado atual dos web apps —, definitivamente vale a pena brincar com o Squoosh. O app está só engatinhando e, se algum dia adicionar a opção de processar várias imagens ao mesmo tempo, certamente irá se tornar rapidinho uma das opções mais atraentes.