O polêmico e barbudo Richard Stallman, fundador da Free Software Foundation, deu sua opinião sobre a tão falada computação na nuvem e sobre os sistemas operacionais baseados nela – mais especificamente o Chrome OS. E os pitacos não devem animar muito o pessoal do Google, já que para ele o sistema deveria ser rebatizado de “computação descuidada”. Ouch.

Para Stallman, a proposta do Chrome OS e da computação na nuvem como um todo é extremamente perigosa, já que faz os usuários depositarem seus dados em um lugar desconhecido. Segundo ele, os direitos sobre dados na nuvem não são claros e controlá-los pode ser uma dor de cabeça enorme – diferente das leis atuais, um mandato de busca para dados na nuvem não é necessário, e a polícia poderia acessá-lo sem um mandato de apreensão.

Mas as críticas ao Chrome OS não ficam apenas na questão avoada do sistema. Criador do GNU, Stallman disse que mesmo usando uma base em Linux, o novo queridinho do Chrome é “engessado de forma a impedir e desestimular a instalação de aplicativos”. Mesmo assim, ele não duvida da popularização do Chrome e da adesão da nuvem, já que “a cada minuto nasce um trouxa no mundo”. Mas pelo visto, Stallman continua guardando seus dados num bem cuidado HD. [The Guardian via IDG]