A Microsoft vem testando o Project xCloud, sua plataforma de streaming de jogos, ao longo do ano passado. Nesta quinta-feira (16), a companhia anunciou que o produto deixará a fase beta e ficará disponível ao público em setembro como mais uma das vantagens do Game Pass Ultimate do Xbox.

Mas não se apegue muito ao nome xCloud, porque embora a Microsoft tenha escolhido uma data de lançamento, esse provavelmente não será o nome oficial. Em uma entrevista ao Verge, o chefe de Xbox, Phil Spencer, disse: “Na verdade, ainda não temos o nome final, mas não será Project xCloud.”

Com tantas empresas de games dobrando as apostas em seus serviços de assinatura, trazer o xCloud para o Xbox Game Pass Ultimate parece ser uma forma não tão sutil de agregar ainda mais valor ao plano mensal mais caro da Microsoft.

Além do xCloud (que estará disponível somente por meio do Game Pass Ultimate no lançamento), o Game Pass Ultimate inclui o Xbox Live Gold (necessário para jogar online), acesso ao Xbox Game Pass que permite acessar uma biblioteca rotativa de mais de 100 jogos sob demanda e uma seleção de vantagens e descontos exclusivos. O pacote custa US$ 15 por mês nos EUA e R$ 39,90 no Brasil.

Ainda não está claro se o xCloud estará disponível no Brasil em setembro. Entramos em contato com a assessoria da Microsoft e nos disseram apenas que “no momento não há informações adicionais”.

Atualmente, além de um teste muito limitado com Halo: The Masterchief Collection no iOS, o beta do xCloud só está disponível em smartphones e tablets Android.

No futuro, é provável que o serviço seja expandido para mais dispositivos – Spencer disse em entrevista que a companhia quer “levar o xCloud, futuramente, para cada tela que alguém possa transmitir games. Neste momento estamos apenas no mobile. Há discussões em andamento e estamos trabalhando nessas coisas. Vamos falar mais especificamente sobre quais dispositivos móveis terão suporte entre agosto e o lançamento em setembro.”

Também resta saber que tipo de suporte o xCloud terá para joysticks e acessórios de terceiros, como o DualShock 4 da Sony.

Para ajudar a suportar um fluxo maior de usuários, a Microsoft tem reforçado seus datacenters com mais plataformas de Xbox One S. A companhia também espera fazer um upgrade para o hardware do Xbox Series X a partir de 2021.

Além disso, antes de o xCloud ficar disponível para o grande público em setembro, a Microsoft está planejando mostrar mais jogos que irão rodar no xCloud em seu evento sobre o Xbox Series X na semana que vem, com notícias e anúncios adicionais que deverão sair durante todo o mês de agosto.

Embora o streaming de jogos na nuvem ainda seja uma espécie de nicho, tem ficado claro a tendência de que essa opção faça parte do noticiário com mais frequência. O Stadia completa um ano em novembro e a Sony também tem tentado ampliar seu serviço de streaming de games.

Enquanto isso, se você não quiser esperar pela lançamento público do xCloud, você pode se inscrever para testá-lo aqui.