Charlie, do Gadget Lab, achou o telefone magnético de duas peças da NTT DoCoMo divertido, mas, para mim, as razões pelas quais ele seria útil variam do frívolo ao desconcertante, passando pelo simplesmente estúpido.

O aparelho, composto por uma metade tela e outra metade teclado numérico, pode ser grudado pela borda. A DoCoMo chama esse telefone de “separável”, capaz de ser dividido ao meio enquanto mantém contato via Bluetooth, para atividades como:

  • Navegar pela internet na metade tela e conversar na metade teclado
  • Assistir a filmes na metade tela e usar o teclado como controle remoto
  • Prender a tela no pulso como um MP3 player e deixar o teclado no bolso ou na mala
  • Meter a parte vibratória dentro das calças de sua amada e… OK, eu admito, esta última é invenção minha, mas você vê como todo esse lance de separação é meio absurdo, e isso vem de um cara que achou que o telefone que tem seu próprio earpiece Bluetooth destacável foi um dos melhores produtos de 2008.

Belo achado, Charlie. [Wired]