A saga de Elon Musk continua — não sabemos se para colonizar marte ou para se tornar protagonista de uma das maiores bolhas do mercado de ações da história recente. A Tesla é agora uma das cinco empresas com maior valor de mercado dos EUA.

De acordo com a CNBC, na manhã de sexta-feira (8), a Tesla ultrapassou o Facebook para se tornar a quinta empresa norte-americana mais valiosa. Os valores de mercado das duas companhias eram de, respectivamente, US$ 802,6 bilhões e US$ 755,8 bilhões. No fechamento, a diferença havia aumentado para US$ 820 bilhões contra US$ 763 bilhões.

As ações da Tesla subiram 700% ao longo de 2020. Recentemente, a cotação dos papéis teve picos por causa de uma análise favorável da Morgan Stanley e de vitórias democratas no Senado americano. Com maioria nas duas casas, teoricamente está mais fácil para o presidente eleito Joe Biden aprovar medidas que encorajem a transição para veículos elétricos. Na quinta, Musk se tornou o homem mais rico do mundo, com uma fortuna estimada em US$ 185 bilhões, ultrapassando Jeff Bezos, CEO da Amazon.

Isso é sustentável? Inúmeros outros analistas, incluindo os de JPMorgan, Research Affiliates e New Constructs, alertaram que as ações da Tesla estão avaliadas com preços acima do valor justo. O próprio Musk tuitou que “o preço das ações da Tesla está muito alto” no início deste ano. O CEO também alertou em um e-mail para a equipe no mês passado que, se as expectativas de lucro futuro diminuírem, as ações “serão imediatamente esmagadas como um suflê sob uma marreta”.

No entanto, a Marketwatch relatou que os analistas da Evercore ISI mudaram sua recomendação de venda para neutro. Atualmente, 12 dos 37 analistas cobrindo a empresa recomendam compra; 10, venda; e 15, neutra.

“Na realidade (retrospectiva e racionalização, nunca previsto), acreditamos que os investidores de tecnologia/varejo veem (a Tesla) como duas empresas de tecnologia separadas”, escreveram os analistas da Evercore ISI, afirmando que a Tesla agora é vista como uma empresa de carros elétricos, por um lado, e uma empresa de engenharia nos mercados de veículos autônomos, armazenamento de energia solar, baterias e trens de força. Em meados de dezembro, a Tesla valia mais do que a soma das nove maiores montadoras globais.

Eu não sou analista de mercado, então deixo aqui a observação de que tecnicamente todas as empresas são supervalorizadas, já que todos nós viemos do pó e ao pó voltaremos. Além disso, o crescimento de especuladores amadores em aplicativos como o Robinhood pode ter relação com essa alta. Não sei, estou só dizendo.

Na sexta-feira, Musk estava refletindo no Twitter sobre a melhor forma de doar sua fortuna. Ele assinou o Giving Pledge — organização filantrópica de Bill e Melinda Gates e Warren Buffett –, mas suas contribuições públicas para a caridade foram limitadas a aproximadamente US$ 257 milhões, uma fração de sua fortuna estimada.

Tradução: “Feedback crítico é sempre bem-vindo, assim como maneiras de doar dinheiro que realmente façam a diferença (muito mais difícil do que parece)”

“É enorme o potencial que sua fortuna poderia ter”, disse à Bloomberg o associado sênior de pesquisa do Centro de Organizações Sem Fins Lucrativos e Filantropia do Urban Institute, Benjamin Soskis. “Estamos lidando com uma escala que é difícil de entender… Ele precisa ser muito mais agressivo do que está sendo agora.”