O manequim Starman e o Tesla Roadster da SpaceX completaram uma volta ao redor do Sol. Lançado em fevereiro de 2018 a bordo de um foguete Falcon Heavy que fazia o seu primeiro lançamento de testes a partir do Kennedy Space Center, o objeto celestial continua sendo monitorado pelo site whereisroadster.com.

Quando foi lançado, o carro tocava em seu rádio a música Life on Mars de David Bowie. Se a bateria ainda estiver funcionando, Starman já ouviu a música mais de 200 mil vezes.

E com base na garantia por quilometragem, o veículo já ultrapassou os limites 21 mil vezes – ou seja, ele percorreu uma distância suficiente para percorrer todas as estradas da Terra 34 vezes.

Esses e outros números curiosos estão disponíveis neste site e, se você achar esquisita a formatação, é porque os americanos gostam de ser do contra. Tanto que alguns acidentes poderiam ter sido evitados se todo mundo usasse o metro, por exemplo.

O Roadster passou de Marte cerca de nove meses depois do lançamento inicial, mas não ficará lá. Segundo o Space.com:

O Roadster e o Starman chegarão a algumas centenas de milhares de quilômetros do nosso planeta em 2091, de acordo com um estudo de modelagem de órbita. Os autores desse estudo determinaram que o carro irá colidir com Vênus ou com a Terra, provavelmente dentro das próximas dezenas de milhões de anos. Eles dão ao carro espacial uma chance de 6% de atingir a Terra no próximo um milhão de anos e uma chance de 2,5% de atingir Vênus neste mesmo período.

Desde o teste realizado com o Falcon Heavy, já aconteceram dois lançamentos envolvendo o foguete. Em abril, ele foi lançado com satélites de comunicação Arabsat-6A e em junho entregou diversas cargas, para diversos consumidores.

[Space.com]