A Covid-19 ainda está longe de não ser mais um problema. Nesta semana, três leopardos-das-neves de um zoológico no estado de Nebraska, nos Estados Unidos, morreram de complicações causadas pela doença. Os animais raros são nativos da Ásia Central e considerados uma espécie vulnerável à extinção.

Além dos leopardos, dois tigres de Sumatra do Lincoln Children’s Zoo testaram positivo para a doença e foram tratados com medicamentos como esteróides e antibióticos em outubro. 

Crédito: Lincoln Children’s Zoo/Reprodução

Enquanto os tigres do Lincoln Children’s Zoo, chamados Axl e Kumar, se recuperavam, os leopardos Ranney, Everest e Makalu não resistiram. 

Em uma publicação no Facebook, o zoológico escreveu:

“Nossos leopardos, Ranney, Everest e Makalu, eram amados por toda a nossa comunidade dentro e fora do zoológico…Esta perda é verdadeiramente dolorosa e estamos todos juntos de luto.”

Humanos podem transmitir Covid-19 para animais 

Desde que o mundo iniciou a luta contra o coronavírus, os cientistas continuam na tentativa de entender como o novo coronavírus age no organismo de animais. Já há registros de transmissão de humanos para animais de estimação e há vários registros de animais selvagens infectados pela doença. 

Assine a newsletter do Gizmodo

Na publicação, o Zoológico diz estar aberto e tomando todas as medidas de precaução para evitar a disseminação da Covid-19 para humanos e animais. 

“Continuaremos seguindo as diretrizes da Associação Americana de Veterinários de Zoológicos (AAZV) e do Centro de Controle e Prevenção de Doenças para garantir a segurança de nossos animais, equipe e comunidade”, disse a publicação.

 

[Revista Galileu]