Desde que Marissa Mayer, CEO do Yahoo!, comprou o vórtice de GIFs chamado Tumblr por US$ 1,1 bilhão, nós nos perguntamos: como ficará a pornografia? Agora estamos começando a descobrir: ela será colocada onde quase ninguém pode encontrá-la.

David Karp, criador e CEO do Tumblr, foi entrevistado ontem em um talk show, e teve que responder à pergunta direta: “o [pornô] vai continuar lá?”

Karp agiu de forma dissimulada, falando sobre liberdade de expressão. Ele diz que não quer policiar o que está no Tumblr. Ótimo! Mas ele lidará com a situação NSFW, sim.

Como? Construindo um muro gigante em torno do sexo, tão alto que será difícil de chegar a ele: blogs com material pornográfico ou mesmo picante não vão aparecer na busca por #hashtags do Tumblr (uma das formas de navegar pela rede social), e podem ser excluídos dos motores de busca. Um resumo disso segue abaixo:

tumblr porn 3

O Tumblr define como “NSFW” os blogs que trazem nudez ou conteúdo adulto de forma ocasional. O blog é “adulto” se tiver um volume considerável desse tipo de conteúdo.

Um usuário NSFW do Tumblr nos explica o problema: as novas regras do site dificultaram muito para outros descobrirem seu blog, a menos que eles já tenham um link para o site.

Bem, está confirmado que nenhum dos meus blogs vai aparecer de novo em uma busca por tags no Tumblr. Não posso fazer uma busca por meu próprio blog… Isso é muito irritante, pois significa que qualquer fanart NSFW, obviamente, nunca aparecerá na busca, mesmo que você já esteja me seguindo…

E isso afeta muitos de vocês também, pois o Tumblr/Yahoo já marca automaticamente certos blogs como adultos. E é impossível mudar o direcionamento do blog. Tecnicamente, eles não nos censuraram. No entanto, eles tornaram praticamente impossível para nós encontrar e interagir com novas conexões e pessoas, ao nos cortar completamente de todas as formas de descoberta. (grifo nosso)

Isso também fará com que seja mais difícil para você encontrar pornografia no Tumblr, e muita gente faz isso – os mesmos milhões de usuários que interessaram o Yahoo. A empresa quer exibir anúncios a eles, mas não se as pessoas quiserem ver peitinhos ou algo do tipo.

O problema aqui parece confuso, mas não é: o Yahoo! comprou o Tumblr por ser “cool”. O Tumblr era bacana, em parte, porque você pode se deparar com tudo, desde algum tipo maluco de GIF até peitos. Era uma área de pensamento esquisita, mas livre de puritanos do marketing. No entanto, sempre há quem queira transformar esse “red light district” da internet em um local mais familiar.

E agora, como vamos encontrar pornografia gratuita na internet?! [Tumblr]