O Uber anunciou nesta quinta-feira (26) novidades no aplicativo para tornar as viagens dos passageiros mais seguras. Entre elas, os destaques são as opções de adicionar contatos de confiança à plataforma e de contatar a polícia diretamente do app.

• “Golpe do vômito” engana passageiros do Uber nos EUA e acarreta taxas significativas
• Motorista do Uber transmitiu centenas de corridas ao vivo sem consentimento dos passageiros

Segundo a empresa, a novidade, que começa a ser habilitada a partir desta quinta, traz o símbolo de um escudo, que ficará disponível sobre o mapa da viagem, fornecendo um acesso rápido às funções de segurança. Uma delas é a de contatos de confiança. A funcionalidade permitirá que os usuários compartilhem rapidamente suas viagens pelo app com até cinco contatos de sua preferência, mostrando seus trajetos com apenas um toque.

Nenhuma viagem é compartilhada sem o consentimento do usuário, que pode até criar um lembrete personalizado para não esquecer de dizer aos amigos ou familiares qual o trajeto de sua viagem.

Além disso, agora será possível entrar em contato com a polícia diretamente a partir do app. A opção vem na forma de um botão dentro do app que, quando apertado, informa ao usuário a localização atual e as informações do veículo, para que as autoridades que operam o 190 possam facilmente ficar a par da situação. O Uber, é claro, recomenda que as pessoas façam bom uso da funcionalidade, ou seja, somente em casos de emergência.

GIF: Uber

Por fim, uma central de segurança reúne as informações mais importantes sobre as opções de segurança fornecidas pelo app, além de trazer também atendimento ao usuário 24 horas por dia, sete dias por semana, seguro APP para acidentes pessoais, o Código de Conduta da Comunidade Uber, além da checagem de antecedentes criminais dos motoristas e dicas gerais de segurança.

O Uber afirma que as novas opções estarão disponíveis para todos os usuários até o dia 2 de agosto, mas o aplicativo de motoristas parceiros vai ter que esperar um pouco mais, com a empresa afirmando que as novidades chegam à plataforma “nos próximos meses”.

As novidades são um acerto do Uber, que conta com um histórico de insegurança para passageiras mulheres, além de casos de motoristas alvos de crime também.

Imagem do topo: Getty