O Uber anunciou na última segunda-feira, 23, que vai exigir uma selfie para usuários que selecionarem dinheiro como forma de pagamento no aplicativo. A ferramenta de segurança é uma resposta a um pedido antigo dos motoristas da plataforma, que manifestaram o desejo em pesquisas internas da empresa.

De acordo com a plataforma, a selfie não será compartilhada com o motorista e também não servirá como verificação biométrica, mas a imagem ficará armazenada no banco de dados da empresa para eventual consulta de autoridades, mas apenas se houver necessidade.

O Uber já tem outros mecanismos de segurança há alguns anos, como a verificação de CPF, RG e CNH, e o U-Selfie, como a nova ferramenta foi batizada, serve apenas para complementar essas outras verificações de sefurança que a empresa de transporte por aplicativo já adotou nos últimos anos.

No estado do Rio de Janeiro, o Uber adicionou o botão “Ligar para a polícia”, que ao ser acionado, liga para o 190, número da Polícia Militar. O mecanismo pode ser usado tanto pelo motorista, quanto pelo passageiro.

Outra mudança recente é a possibilidade de o motorista ter acesso à localização exata do destino do passageiro antes de aceitar a viagem. Anteriormente, era possível apenas visualizar a região de destino sem nenhum detalhe.

Novo método de pagamento

Outra novidade recente da Uber é a possibilidade de pagamento via PIX. O novo método começou a ser implantado no início de maio e a previsão da empresa é que todos os usuários da plataforma possam usar o novo recurso até as primeiras semanas do mês de julho.

O recurso chegou ao Brasil em novembro do ano passado em algumas capitais, como Curitiba (PR) e Recife (PE), para a realização de testes e ajustes, mas só agora está chegando oficialmente para todos os usuários.

Ao escolher o pagamento por PIX e pedir uma corrida, aplicativo irá gerar um código PIX para o usuário que poderá pagá-lo no aplicativo de banco de sua preferência. Após o pagamento, o aplicativo irá encontrar um motorista para o usuário.

Assine a newsletter do Gizmodo