No dia do UFC 126, ou a luta do século que envolveu Anderson Silva e Vitor Belfort e terminou com um chute animal ensinado por Steven Seagal, acompanhei in loco pessoas torcendo aos berros em bares de São Paulo. Era grito de guerra, ameaças, até camisetas. Parecia futebol e eu percebi que o pessoal gosta de uma pancadaria por aqui. A cena só ficaria mais surreal se todos estivessem de óculos 3D. Quem sabe nos próximos embates, agora que o UFC entrou na onda do tridimensional?

Ok, talvez isso demore um pouco para acontecer porque as primeiras transmissões do UFC em 3D serão nos EUA e, bem, a maioria dos bares, pubs, e casas comuns do Brasil não tem televisores fãs de Avatar. A estreia do evento 3D será amanhã e uma equipe completa foi contratada apenas para lidar com a novidade. Ficamos no aguardo de chutes na cara realistas — mas sem exageros, eu amo meus dentes. [CrunchGear]