Existem oito grupos de tipos de sangue com diferentes combinações de antígenos e classificações. Só de humanos são 36 sistemas de grupos sanguíneos no total.

Entre as quase 8 bilhões de pessoas que vivem no planeta, o sangue mais comum é o O+, que corre nas veias de 39% da população mundial. E no posto de mais raro está o AB-, que é o tipo de 0,40% da população.

Mas como funciona essa estatística?

Assim como a nacionalidade, fatores genéticos desempenham um papel na determinação do tipo de sangue de um indivíduo. Ou seja: cada parte do planeta tem tendência a apresentar um tipo sanguíneo que se sobressai ante os outros. Abaixo, você pode ver um mapa feito pelo site Visual Capitalist que mostra essas diferenças.

Reprodução/Visual Capitalist

Mais comuns em cada região

Américas
O tipo de sangue O é o mais comum em todo o mundo, e é também a tipagem de quase 70% dos sul-americanos. É também o tipo de sangue mais comum nos Estados Unidos e no Canadá. No Brasil, O+ e (com 36% da população) e A+ (34%) predominam.

Ásia
Na Ásia o tipo O é o primeiro mais popular, seguindo do B, que também é relativamente comum. Na China, quase 20% da população tem sangue tipo B, que também é muito comum na Índia e em outros países da Ásia Central.

Indo contra as estatísticas, alguns países da Ásia ocidental, como Azerbaijão e Armênia, tem a maior parcela da população como sangue A+.

África
Na África, o sangue mais popular também é o O+. Já em Gana, Líbia, Congo e Egito, o tipo sanguíneo mais popular é o O- — que, no Brasil, é considerado raro.

Europa
Entre os europeus, o tipo sanguíneo mais comum é o A. Quase 40% da população da Noruega, Ucrânia, Dinamarca e Áustria têm esse tipo de sangue.

Oriente Médio
No Oriente Médio, quase 42% da população tem sangue O+. No entanto, o Líbano é o único país em que a população se divide entre O e A.

Oceania
Na Oceania, os tipos mais comuns são O e A+. Apenas Fiji tem uma parte da população em que predomina o tipo B+.

Caribe
Quase metade das pessoas nos países caribenhos tem o tipo O+. Apenas a população da Jamaica tem o tipo B+ como mais comum.