Um vestido de estampa xadrez azul usado pela personagem Dorothy, que foi interpretada pela atriz norte-americana Judy Garland, no filme “O Mágico de Oz” em 1939, foi recentemente encontrado décadas depois de ter desaparecido da Universidade Católica da América (CUA) em Washington, nos EUA. 

No filme dirigido por Victor Fleming , o vestido em questão pôde ser visto durante a cena em que a Bruxa Malvada do Oeste, interpretada por Margaret Hamilton, ameaça a garotinha de sapatos vermelhos dentro de seu castelo. 

Com isso, de 23 a 29 de abril o vestido estará disponível para exibição na Bonhams New York. Em seguida, o item será transferido para Los Angeles, onde será leiloado e deve ser vendido por até US$ 1,2 milhões, cerca de R$ 5,8 milhões na cotação atual.

A venda acontecerá pela casa de leilões Bonhams por meio do evento de vendas chamado “Classic Hollywood: Film and Television”, que acontecerá no dia 24 de maio em Los Angeles. O objetivo do leilão é arrecadar dinheiro para o Departamento de Drama da Universidade Católica da América em Washington, DC.

O vestido foi originalmente presenteado ao ex-chefe de teatro da Universidade, o reverendo Gilbert Hartke, por Mercedes McCambridge, atriz de Hollywood que residiu na instituição em 1973. Contudo, o item desapareceu nos anos 1980 e só foi redescoberto recentemente.

O professor de teatro aposentado Matt Ripa procurou o traje em quase todos os lugares e seus esforços valeram a pena. Em junho de 2021, Ripa estava organizando o espaço para algumas reformas que aconteceriam no Hartke Theatre, quando encontrou uma caixa com o vestido bem dobrado, que continha uma mensagem curta do professor de teatro aposentado Thomas Donahue: “Encontrei isso no meu escritório.”

O Bonhams descreve o vestido da seguinte forma: “vestido avental azul e branco com corpete justo e saia rodada, com “bolso para lenço”, dois botões de madrepérola na frente e dois no verso, com colchete nas costas, com etiqueta de tecido no interior com a inscrição ‘JUDY GARLAND 4223’, com blusa de manga curta de organdi creme com gola alta, com recorte na gola e punhos com guarnição azul claro, a blusa com fecho de gancho e fecho de pressão no corpo.”

“Trajes importantes deste filme icônico raramente aparecem no mercado de leilões, e ser capaz de identificar a cena em que isso foi usado por Judy Garland é emocionante”, disse a diretora de cultura popular da Bonahms em Los Angeles.

De acordo com a Forbes, em 2015, outro vestido de Dorothy arrecadou mais de US$ 1,5 milhão, cerca de R$ 7 milhões. Agora, resta saber se este vai superar o surpreendente preço do leilão.  

Além disso, outras recordações do filme já chegaram a altos preços em leilões. Em 2014, o traje original do Leão Covarde foi vendido por mais de US$ 3 milhões, o equivalente a mais de R$ 14 milhões.