O hacker que diz ter hackeado o email de um dos chefões da CIA vazou documentos para o WikiLeaks, que divulgou as mensagens do diretor John Brennan de um email pessoal da AOL.

Muita gente já começou a vasculhar os documentos vazados pelo WikiLeaks em busca de informações quentes que possam ter sido discutidas através do seu email pessoal. Mas, até agora, nada muito relevante foi encontrado.

As informações mais sensíveis em meio a todos os documentos estão em um formulário voltado para funcionários públicos dos EUA. Nele, além de dados básicos do empregado, também há informações sobre uso de drogas e álcool, além de coisas sobre a família.

As pesquisas ainda estão começando, e talvez coisas interessantes apareçam em breve. O hacker diz que Brennan usou sua conta pessoal para tratar de assuntos profissionais. Vamos ver se a internet consegue fazer uma boa investigação. [WikiLeaks, Motherboard]