De acordo com um estudo realizado pela Valve, pela primeira vez desde que foi lançado, no final de 2021, o Windows 11 teve uma queda de usuários no Steam. O relatório registrou uma queda de 21,23% para 21,12%.

Curiosamente, no mesmo período foi registrado um aumento de 1,91% de usuários do Steam na versão anterior do sistema, o Windows 10. Acredita-se que parte desses usuários tenha migrado, justamente, do Windows 11, que embora esteja recebendo uma série de otimizações para jogos, ainda não agrada todos os gamers.

Para se ter uma ideia do problema que a Microsoft enfrenta para convencer a comunidade gamer do PC a migrar de sistema, 73% de todos os usuários do Steam utilizam o Windows 10.

Após apresentar algumas falhas e bugs de sistema durante algumas gameplays, o Windows 11 ganhou uma fama ruim e a Microsoft luta para reverter esta imagem e convencer novos jogadores a atualizarem para o sistema.

Até mesmo o Microsoft Edge, que é  normalmente usado para fazer download do Google Chrome, recebeu alguns aprimoramentos para jogos em nuvem via xCloud.

Os problemas não apareceram apenas na execução de games. Recentemente, uma atualização no Outlook teve uma série erros para apresentar resultados corretos de pesquisas na plataforma, enquanto uma atualização de sistema para corrigir bugs, deixou alguns usuários em um loop de reinicialização interminável. Alguns internautas brincaram que o upgrade causou mais erros do que corrigiu.

Por conta dessas falhas frequentes, os usuários, principalmente os gamers mais assíduos, preferem utilizar um sistema mais consistente e estável para evitar problemas que possam impossibilitá-los de continuar jogando seus games favoritos.

Assine a newsletter do Gizmodo