Xiaomi anuncia versão global do Mi 11 com Snapdragon 888 e carregador na caixa

É a mesma versão do modelo original, apresentado na China em dezembro, com a diferença que o carregador vem incluso na caixa.

Imagens: Xiaomi

A Xiaomi anunciou nesta segunda-feira (8) a versão global do Mi 11, versão mais recente do smartphone mais avançado da companhia até então. Além de uma câmera principal com 108 MP, o dispositivo traz display AMOLED com taxa de atualização de 120 Hz, processador de topo de linha da Qualcomm e bateria de 4.600 mAh. Os preços na Europa começam em 749 euros, o equivalente a R$ 4.840 na conversão direta, sem impostos.

O Xiaomi Mi 11 mantém as mesmas especificações do aparelho original, lançado na China em dezembro de 2020. Ele foi o primeiro celular do mundo com o novo processador Snapdragon 888 — a família Galaxy S21 da Samsung foi lançada depois dessa data e somente a versão vendida nos EUA é equipada com o chipset da Qualcomm.

Na ficha técnica, o Mi 11 ainda traz memória RAM de 8 GB, até 256 GB de armazenamento interno e bateria de 4.600 mAh com suporte à recarga de 55 e 50 Watts (com e sem fio, respectivamente), além de carregamento reverso wireless de 10 W. Inclusive, aqui temos a principal diferença do modelo global para a versão chinesa do aparelho: ele inclui o adaptador de tomada de 55 W na caixa; na China, o acessório é opcional.

Quanto às câmeras, o Xiaomi Mi 11 oferece um conjunto triplo com câmera principal de 108 MP, ultrawide de 13 MP e macro de 5 MP. A frontal, por sua vez, conta com 20 MP e fica alocada em um furo no canto superior esquerdo.

Já a tela vem com 6,81 polegadas e tem resolução WQHD+, com bordas ligeiramente curvas. O visor tem uma taxa de atualização de 120 Hz e um leitor de impressão digital que fica posicionado sob o painel. De fábrica, o Mi 11 roda a interface proprietária MIUI 12, da Xiaomi, baseada no Android 10 — a MIUI 12.5 chegará em algum momento no segundo trimestre deste ano.

Na Europa, o Mi 11 poderá ser adquirido a partir deste mês, em duas verões: RAM de 8 GB e 128 GB de armazenamento por 749 euros (R$ 4.840); e 8 GB de RAM e 256 GB de espaço interno por 799 euros (R$ 5.170). Ele será vendido nas cores azul e preto. Ainda não há previsão de lançamento no Brasil.

Xiaomi Mi 11 — Ficha técnica:

[The Next Web]

Sair da versão mobile