A maioria das pessoas provavelmente concordaria que os comentários do YouTube geralmente não valem nada (especialmente os que informam o ano em que o comentarista assistiu pela última vez a um determinado videoclipe). Na verdade, o site de streaming de vídeo é amplamente conhecido por ter alguns dos piores comentários na internet. Então, agora, depois de todos esses anos, parece que o Google está finalmente começando a perceber isso e está tentando mudar as coisas com um teste na Índia que oculta comentários do YouTube por padrão.

Este teste do YouTube foi detalhado pela primeira vez pelo XDA Developers e parece afetar apenas o aplicativo do YouTube no Android por enquanto, e não poderia ser mais simples. Normalmente, quando você abre um vídeo no YouTube e começa a rolar para baixo, verá uma linha de botões para curtir, não curtir e compartilhar um vídeo entre outras ferramentas, seguida por uma lista de vídeos sugeridos e, finalmente, depois de rolar para além disso tudo, os comentários desse vídeo.

Mas no novo teste na Índia, o Google simplesmente removeu a seção de comentários abaixo da lista de vídeos sugeridos e a substituiu por um botão de comentário que fica entre os botões de Não Gostei e Compartilhar, para que os usuários não vejam comentários, a menos que eles saiam do seu caminho e cliquem no botão Comentar.

Para abrir espaço para o novo botão Comentar, o YouTube está testando um layout que remove o botão de “salvar para mais tarde”, o que pode ser irritante para alguns, mas não é uma perda completa, já que essa funcionalidade foi movida para a janela suspensa que aparece quando você clica na seta para ver a descrição completa de um vídeo.

Captura de tela: XDA Developers

O YouTube não respondeu imediatamente ao pedido do Gizmodo para comentários.

Embora seja fácil caracterizar todos os comentários do YouTube como lixo, também há muitas informações úteis ou anedotas emocionantes compartilhadas pelos usuários, por isso é bom saber que o YouTube não está totalmente pronto para abolir os comentários por completo. (Aqui vai um salve para todos os comentaristas que gastam seu tempo listando todas as faixas de longos sets de DJ).

E talvez, ao tornar o processo de leitura e postagem de comentários um assunto mais deliberado, o YouTube possa, na verdade, incentivar um discurso mais ponderado. Mas isso é um grande talvez.