Poucos dias atrás, o Facebook mudou silenciosamente o processo de rejeição de amigos. Em vez de optar por Ignorar, você só pode declinar o pedido clicando em Agora Não. Mas essas pessoas no purgatório poderão acompanhar suas informações e atualizações públicas.

Como observou o TechCrunch, quando alguém lhe envia um pedido de amizade, imediatamente ela recebe acesso às informações que você deixou “disponível para todos” nas configurações de privacidade. Quando elas são rejeitadas, elas são bloqueadas. Mas criando esse limbo dos não amigos, o Facebook está criando um sistema de seguir pessoas, algo como um Twitter demoníaco.

Ainda é possível bloquear pedidos de amizade: o caminho só ficou mais longo. Assim que você disser Agora Não para um pedido, a rede pergunta “Você não conhece ____?” e se você diz que não ela será bloqueada. Se você não clicar na opção, você terá que ir à página de pedidos para bloqueá-lo.

Com sorte, você possivelmente já mexeu nas suas configurações de privacidade para deixá-las estritas o bastante para isso não ser um problema para você. Mas não é esse tipo de pessoa que a mudança de política está mirando: o Facebook aposta que se você for folgado, desinformado, ou exibicionista o bastante para deixar todas suas informações expostas, você também será assim quando abrir a caixa de pedidos de amizade.

Três pensamentos rápidos. Um, isso parece uma saída bem malandra da empresa para adicionar a função de seguir pessoas, mas eles poderiam ter feito de forma menos estranha. Dois, dito isso, apenas edite suas configurações de privacidade. Três, aposto que isso não vai acontecer no Diaspora. [Inside Facebook via TechCrunch]