Privacidade é algo que preocupa muita gente, atualmente mais do que nunca. Então o Blackphone, que roda uma versão “voltada para segurança” do Android e afirma ser capaz de despistar a NSA, não poderia vir em melhor hora.

Filho do renomado criptógrafo Phil Zimmerman – e um empreendimento comercial feito por sua empresa Silent Circle a Geeksphone, startup espanhola que trabalha com o Firefox OS – o smartphone rodará uma versão modificada do Android chamada PrivatOS. Isso vai, aparentemente, fornecer capacidade para seguramente: fazer e receber telefonemas, enviar mensagens de texto, realizar videochamadas, e transferir e armazenar arquivos.

Dito isso, a ideia é oferecer aos usuários “tudo o que eles precisam para garantir privacidade e controle das comunicações, junto com todos os outros recursos de smartphones high-end que você espera.” Como exatamente isso será feito ainda não sabemos, mas devemos saber mais durante a Mobile World Congress, em fevereiro – o Blackphone, aparentemente, entrará em pré-venda no dia 24 daquele mês, que também é o primeiro dia da feira.  [BlackphonePR Newswire]