O Colosso de Rhodes, uma das originais Sete Maravilhas do Mundo, será reconstruído como uma inovadora escultura luminosa – a “maior instalação de luz no mundo”, de acordo com o seu arquiteto. E ele será ainda maior que o original de 36 metros de altura, destruído em um terremoto em 226 a.C.

A nova peça arquitetônica terá algo entre 60 e 96 metros de altura e, em vez de ser uma recriação do original – aparentemente correndo o risco de inflamar a opinião pública dos gregos sobre herança cultural e tal – ele será uma construção no qual os visitantes poderão entrar, repleto de efeitos de luzes de forma a poder “contar” histórias ao longo do dia.

Não há notícias sobre ele ficar com uma perna de cada lada do porto como o original, mas com o planejamento e o financiamento já encaminhados, ele pode estar de pé em 6 anos, metade do tempo que o original levou. [Guardian]