Eu me disponho a reciclar latinhas e plástico e papel, mas fazer isso com meu computador já é mais difícil. O laptop Bloom, desenvolvido por estudantes da Universidade Stanford – uma das mais respeitadas do mundo – pode ser desmontado sem ferramentas e ser reciclado mais facilmente.

O laptop Bloom, desenvolvido como um projeto de faculdade por uma equipe de estudantes de Stanford, foi criado para ser desmontado em minutos sem o uso de qualquer ferramenta, facilitando a reciclagem sem dores de cabeça de suas várias partes. A maioria dos componentes do laptop são de fato recicláveis, segundo o estudante Aaron Engel-Hall; o problema é que eles estão reunidos de uma forma que nenhum usuário comum poderia separar. Os componentes eletrônicos do Bloom podem ser retirados com facilidade da carcaça, para que sejam reciclados adequadamente.

Além de ser facilmente reciclável, o design modular do Bloom tem outras vantagens:

A equipe utilizou a modularidade fácil de desmontar do Bloom para desenvolver um teclado e trackpad destacáveis, que permitem uma ergonomia maior. A facilidade de desmonte também torna mais fácil o conserto e a atualização de componentes durante o tempo de vida do produto – então comprar um computador não é mais um investimento só, mas uma relação de longo prazo entre o consumidor e a fabricante.

Os membros da equipe foram destacados no programa Inventors of the Month da Autodesk, nomeados inventores do mês em outubro pelo protótipo Bloom, e com razão: este laptop modular nos lembra que design sustentável não precisa ser um limite para um produto – pode ser o ponto de partida para mais funcionalidades. [Autodesk via Core77]