O FBI divulgou internamente um relatório oficial que sugere que hackers relacionados ao grupo Anonymous acessaram computadores do governo americano em várias agências durante o último ano, roubando informações e dados.

A Reuters teve acesso ao relatório, que circulou no FBI na última quinta-feira. Os ataques vieram por meio de uma falha em um software da Adobe, permitindo que os hackers entrassem pelas backdoors de computadores, até pelo menos o último mês, desde dezembro do ano passado.

Segundo a Reuters:

O relatório, que circulou na quinta-feira, descreveu os ataques como “um problema generalizado que precisa ser resolvido”. Diz ainda que a brecha afetou o Exército americano, o Departamento de Energia, o Departamento de Saúde e Serviços Humanos e talvez mais agências.

Dados roubados nos ataques incluem informações sobre funcionários do governo e até familiares. Os hackers também roubaram dados bancários. A Reuters diz que os ataques estão conectados a Lauri Love, um hacker britânico acusado em outubro de atacar agências americanas.

A Reuters ainda diz que um porta-voz do FBI se recusou a comentar o caso. Óbvio. [Reuters]