Em 1987, Sanroo Brierly de 5 anos e seu irmão entraram em um trem que deveria levá-los para casa, depois de um longo dia pedindo esmolas nas ruas da Índia. Mas os garotos dormiram, o trem seguiu viagem, e horas depois eles desembarcaram no outro lado do país.

Vinte e cinco anos depois, Brierly encontrou o caminho de volta para casa. E ele usou o Google Earth para tanto.

Os detalhes do que aconteceu depois que Brierly e o irmão dele saíram do trem são escassos, mas o pouco que sabemos é bem triste. Ele passou mais de um mês tentando voltar para casa, sem sucesso; quase morreu afogado no rio Ganges; e quase foi sequestrado e vendido como escravo. Em dado momento, o irmão dele faleceu.

Brierly acabou sendo encontrado e declarado uma “criança perdida”. Ele foi adotado por um casal australiano e foi levado da Índia, cruzando o oceano de volta à terra natal deles. Ele estudou na Universidade de Canberra, Austrália, e agora é dono de uma loja na Tasmânia. Mas ele não desistiu de encontrar sua família.

Cerca de dez anos atrás, Brierly começou a usar a internet para encontrar seu antigo lar, com pouco além de suas lembranças de infância. Recentemente, ele usou o Google Earth para procurar o local que estava em suas memórias. E no mês passado, ele finalmente o encontrou.

O reencontro com os pais foi emotivo, mas depois de tanto tempo, havia uma certa barreira de idioma e de cultura. Ele disse ao Indian Express: “Ainda há um pouco de hindi na minha cabeça, mas eu tenho que observar as expressões faciais e movimentos das mãos deles para entender completamente o que eles dizem”.

Brierly planeja fazer um filme sobre sua vida – você não faria o mesmo? – e a história é um bom lembrete de que a internet vai além de fotos vazadas e memes. [Indian ExpressThe Mercury via YcombinatorGoogle Earth Blog]