Ok, o OS X Lion não é perfeito. Mas isso provavelmente não irá te impedir de baixá-lo. Pensando nisso, eis aqui o nosso guia para ajudar você a conseguir tirar o melhor do novo Sistema Operacional da Apple.

Dicas, truques e soluções

Remapeie gestos que não fazem sentido

Uma das maiores queixas sobre o Lion é que ele praticamente não oferece opões para remapear gestos. Isso não seria um problema tão grande, exceto que algumas das funções mais usadas têm gestos super desconfortáveis, como fazer um movimento de explosão com a mão usando quatro dedos, mas não o mindinho, para limpar o desktop. Qual é!

Felizmente, existem programas como o gratuito BetterTouchTool que permite remapear os gestos que mais te agradam. (Você pode ver os meus na screenshot.) O BTT ainda não suporta nativamente funções do Lion como Mission Control, mas você pode mapear gestos para os seus respectivos atalhos no teclado.

Dê uma olhada no que está acontecendo ao lado

Deslizar entre os Spaces – uma das novas funções chaves do Lion – é uma das animações mais bonitas, e permita uma coisa que provavelmente é o meu hack de produtividade favorito. Ao invés de deslizar até o próximo espaço, você pode escorregar lentamente no Space e dar uma olhada nos cantos de qualquer app (ou widgets, de você deixar o Dashboard como um Space) estão para direita ou esquerda do seu Space atual.

Eu uso isso para checar minha caixa de entrada do e-mail na direita e espiar a lista do Turntable.fm em uma janela do navegador na esquerda, mas se você faz multitask pesadamente, isso adiciona mais conteúdo sem ter que ir para longe do que estiver trabalhando.

Recupere a navegação com três dedos para frente e para trás

Atualmente, avançar e retroceder por gestos virou algo meio zoado se você usar o padrão do Lion com gestos usando dois dedos para ir para trás e para frente. Para conseguir que isso funcione, você tem que trocar o gesto de “deslizar as páginas” para ou três dedos ou dois/três dedos. Você encontrará essa opção na parte de mais gestos, na sessão do Trackpad das Preferências do Sistema.

Isto deve ser (ou pelo menos esperamos que seja) um problema transitório enquanto navegadores e outros apps não começam a acompanhar os novos gestos no Lion, mas por enquanto você pode evitar o problema ao mudar para os gestos que você já estava acostumado. E você sai ganhando de qualquer maneira.

 

Apague as terríveis mudanças no iCal e Contatos

A “metáfora física” do iCal e Contatos está meio desastrosa. Eles parecem mais o painel com madeira falsa e berrante no porão dos seus pais do que uma skin apropriada para dois apps ainda muito funcionais.

Felizmente, o MacNix tem uma opção gratuita para apagar essas novas skins e trocar por algo que lembra o resto dos seus apps. Simplesmente faça o download das skins e siga o guia de instalação. Pessoalmente, eu pulei o passo onde ele sugere fazer backup dos apps, porque eu nunca mais quero ver a skin padrão de novo.

 

Trabalhe no lado direito dos Spaces

Apps em tela cheia são lindos, mas eles têm algumas ressalvas. A primeira e mais importante: um app em tela cheia irá ser jogado para o final da fila dos seus Spaces por padrão, isso quer dizer que não tem outro jeito de navegar até ele sem ter que passar por todos os outros Spaces abertos.

A maneira fácil de contornar isso é colocar seu desktop padrão no Space mais da direita. Isso permite que você alterne entre seus apps em tela cheia e seus Spaces ativos sem ter que passar por tudo que estiver aberto. Você não pode rearranjar a ordem de seus desktops virtuais com essa configuração, então talvez você irá querer deixar alguns desktops extra na esquerda se achar que irá precisar deles.

 

Certifique-se que seus apps são compatíveis com o Lion

Nem todos os apps estão prontos para serem usados com o Lion ainda. Alguns, como aqueles baseados em PowerPC, irão precisar ser completamente reescritos se você quiser usá-los no 10.7, mas alguns outros tem apenas alguns bugs para eliminar. O RoaringApps tem uma tabela super útil para separar quais dos seus apps irão te dar dor de cabeça e quais estão prontos para serem usados.

 

Apenas desligue isso

Algumas das funções mais frustrantes do Lion podem simplesmente serem desligadas. Rolagem invertida leva algum tempo para se acostumar, mas nesse ponto eu me acostumei mais ou menos com ela. Outros, como o glorioso líder Joe Brown, não tem absolutamente nenhuma paciência com isso e imediatamente resolveu se livrar dela. Para unir-se a ele, desative a rolagem invertida na opção Rolagem & Zoom das configurações da sua Trackpad.

O Dashboard como um Space faz sentido conceitualmente, mas o tempo que a animação leva para deixá-lo em foco parece mais demorado do que era antes. Desative isso nas Preferências do Sistema em Mission Control. Barras de rolagem desaparecendo torna a navegação apenas um pouco mais bonita, mas elas também pode se tornar confusas se você está constantemente indo de um lado para outro em um documento. Isso pode ser desativado ao escolher Sempre em “Mostrar Barras de Rolagem” nas Configurações Gerais.

Nem todo problema irá ter uma solução fácil (ou simplesmente ter solução), então tire vantagens daqueles que você pode simplesmente desligar.

 

Mudanças que você não pode contornar

Visualização em tela cheia é aquela garota linda e maluca que você não deve nunca se casar.

Nós já mencionamos que visualização tela cheia é bonita, mas só para deixar claro, ela é realmente linda. Então é um pouco decepcionante que, para a maior parte do tempo, ela é completamente inutilizável de qualquer maneira prática.

O problema com a tela cheia é que ela não apenas ocupa a sua tela graficamente; ela cria um novo desktop virtual para si e monopoliza o negócio inteiro. Isso significa que se você curte, digamos, rodar um filme em tela cheia no plano de fundo enquanto trabalha em outra coisa, você terá problemas. A mesma coisa vale para abrir um único e-mail em tela cheia e mudar para outra tarefa em outro espaço de trabalho, ou manter um documento de texto como informação de referência por trás de um aplicativo em tela cheia. Você pode evitar tudo isso ao não usar a função, mas qual o ponto de adicionar suporte a tela cheia se você não pode usar de verdade?

 

Spaces são completamente neutralizados pelo Mission Control

Abrindo o jogo: Eu usava bastante os Spaces no OS X Leopard e Snow Leopard. Mas eu também estava muitíssimo animado pelo Mission Control, porque eu sempre tinha muitas janelas abertas para o Exposé ser suficiente para me ajudar. E apesar do Mission Control ter sido de grande ajuda para escolher os apps em um espaço de trabalho atolado de coisas, ele neutralizou completamente a maneira que os Spaces funcionam.

Uma das melhores partes dos Spaces antigos era ser capaz de pular na tela de overview e rearranjar completamente o espaço de trabalho de cada um de seus desktops virtuais. Isso já era. Do jeito que está, você não pode mover os apps de um espaço de trabalho para outro se eles não estiverem em seu desktop ativo. Você também não pode mover um app do Space ativo de um monitor para o Space de outro monitor.

 

A navegação através dos Spaces também não está muito legal

O ponto forte da navegação pelos Spaces no Lion é a introdução de navegação baseada em gestos entre desktops. E isso é maravilhoso! É tão sensacional, de fato, que o alinhamento vertical dos Spaces acabou, para beneficiar outros gestos e o layout horizontal do Mission Control. Mas por que, céus, por que você não pode fazer um loop do final da lista para o começo e vice versa? Se você vai colocar tudo em uma longa linha, que sentido faz que as duas pontas sejam completamente separadas?

 

Sentença de morte para o seus apps PowerPC

Nós sabíamos que esse dia iria chegar, mas ainda assim ele merece ser mencionado: a Apple está deixando de lado o suporte para apps antigos PowerPC o que significa que algumas de suas coisas irão parar de funcionar, e não há nada que você possa fazer além de fazer uma partição com Snow Leopard. Contudo, o único app que eu usava regularmente que será afetado pela mudança é Diablo II, mas isso é uma grande perda!

 

Não sabe nem o que é o Mission Control? Dê uma olhada no nosso guia completo das principais novas funções do Lion OS X aqui.

Você pode acompanhar Kyle Wager, o autor deste post, no Twitter.