O HTC Touch Diamond 2 é semelhante ao Touch Pro 2, mas sem o teclado, alto-falante especial e capacidade de fazer chamadas em conferência. E apesar de ser um telefone legal, eu prefiro o design do Touch Diamond original.

Tudo o que eu disse sobre o software no Touch Pro 2 se mantém verídico no Touch Diamond 2. É tudo uma ótima implementação da plataforma Windows Mobile e é bonito.

Mas o hardware do TD2 não me apetece. Pra começar, ele não tem a parte traseira em ângulo como o Touch Diamond original, apesar de alguns considerarem aquilo design excessivo. Mas eu adorava como aquele design deixava o Touch Diamond mais delgado. Com o TD2, o telefone se parece mais com uma caixa reta e simples, não dando aquela sensação de ser chique como seu predecessor. O corpo de prata metálico me parece meio estéril e a única verdadeira ostentação de design é um canto prateado na parte traseira. Ele também é ligeiramente mais espesso que o original (11,5mm x 11,3mm).

htc_touch_diamond_2_0002 htc_touch_diamond_2_0004 htc_touch_diamond_2_0006 htc_touch_diamond_2_0001 htc_touch_diamond_2_0005 htc_touch_diamond_2_0000 htc_touch_diamond_2_0003

Obviamente, a tela do TD2 é maior e melhor, as entranhas são um pouco mais potentes e a duração da bateria foi estendida em relação ao TD original, mas eu continuo querendo ainda mais desta nova versão.

Ainda assim, se você não precisa do teclado – ou do peso extra – e quiser esta nova interface com o usuário da HTC, preste atenção ao Touch Diamond 2 quando ele finalmente for lançado no segundo semestre deste ano. Talvez valha a pena.