A Samsung não se importa em lançar inúmeras variações de um mesmo gadget, e começou 2014 com seus mais novos tablets: o Galaxy TabPro e o Galaxy NotePro. Mas eles não trazem apenas especificações melhores: a interface Magazine UX leva diversos aspectos do Windows 8 para o Android.

À primeira vista, ela deixa você surpreso. O primeiro instinto é deslizar para os lados ou pressionar o botão Home para ir à tela inicial de sempre – mas ela não está lá, pelo menos não inicialmente.

A interface se inspira fortemente no visual Metro da Microsoft, com apps organizados em “blocos” (tiles), mas vai um pouco além. Alguns apps ficam abertos na nova tela inicial, e você pode interagir com eles diretamente. Por exemplo, coloque o “bloco” do Flipboard na tela inicial e navegue pelas notícias sem abrir o app. Isso funciona mais como os widgets do Android (e menos como os blocos dinâmicos do Windows 8).

samsung tabpro notepro 5

A Samsung criou apps especiais para você colocar na interface Magazine UX. Para editar a tela inicial, basta usar dois dedos e “beliscar” a tela: dessa forma, você seleciona quais apps e ícones ficarão disponíveis em cada tela. No entanto, a seleção de apps que tiram proveito da Magazine UX ainda é limitada: por exemplo, você terá que usar o app de e-mail da Samsung, em vez do Gmail; ou o S Planner em vez do Google Agenda.

Você também pode acessar a lista tradicional de apps (e widgets): basta tocar em um botão no canto inferior direito. Mas se você arrastar um ícone ou widget para a tela inicial, ele vai criar outra página – separada da interface “Metro” – para acomodá-lo. Então você terá telas iniciais modernas, e uma tela “tradicional” para seus apps e widgets.

samsung tabpro notepro 11

E não é só aí que parece faltar coesão na interface. A Samsung adotou o “flat design” na barra de notificações, configurações e mais; há diversos elementos com cores fortes sobre fundo branco e uso de tipografia para um visual mais limpo. No entanto, como o Android padrão não adotou um visual tão flat assim, alguns elementos de interface – especialmente ícones de sistema – acabam contrastando com o visual que a Samsung adotou aqui.

No Galaxy NotePro e TabPro, não há mais o botão Menu: ele foi substituído pelo botão físico de Multitarefa, para você alternar entre os apps – e eu gostei bastante dessa mudança. Além disso, você pode exibir mais de um app na tela ao mesmo tempo: basta deslizar a partir da borda direita e ver os apps compatíveis com essa função. (Vimos isso pela primeira vez em 2012, no Galaxy Note 10.1.)

samsung tabpro notepro 6

samsung tabpro notepro 7

A partir daí, começamos a notar as (poucas) diferenças entre os dois tablets. O TabPro, disponível em versões de 8,4″, 10,1″ e 12,2″, abre até dois apps ao mesmo tempo; o NotePro, com suas 12,2″, abre até quatro apps.

O NotePro, ao contrário do TabPro, é compatível com a S Pen: ou seja, você pode comandar a interface e os botões Multitarefa/Voltar sem usar os dedos. Você também conta com as funções inteligentes da caneta: segure-a acima da tela e pressione o botão para abrir o menu circular, que permite tirar screenshots, fazer comandos por escrita e outros recursos que vimos no Galaxy Note 3 e Note 10.1 2014 Edition.

samsung tabpro notepro 8

Tanto o Galaxy NotePro como o Galaxy TabPro possuem tela Super LCD com resolução 2560 x 1600, e todos são bastante nítidos, mesmo vistos de perto – é bem impressionante. Eles vêm com processadores Exynos 5 Octa de 1,9 GHz nos modelos Wi-Fi e 3G, e Snapdragon 800 quad-core de 2,3 GHz nos modelos 4G. Ambos rodam Android 4.4 KitKat.

Mas senti um leve engasgo na transição entre telas, assim como no Note 10.1 2014 Edition. É algo pequeno, mas dá para notar que, mesmo se eu fechar os apps rodando no plano de fundo, as animações da interface não são 100% fluidas – talvez a altíssima resolução pese aí. A Samsung exibiu modelos em pré-produção, então isso pode ser resolvido antes de os tablets chegarem ao mercado.

samsung tabpro notepro 10

São três diferentes tamanhos de tela. O NotePro e TabPro de 12,2″ não parecem terrivelmente grandes, pelo menos à primeira vista, mas há algo levemente estranho em tablets que ultrapassam as 10 polegadas – e não tente segurá-los com uma só mão. O TabPro de 10,1″, por sua vez, tem design semelhante ao Tab 10.1, mas com traseira que imita uma textura de couro.

E o TabPro de 8,4″ tem bordas assimétricas como o iPad Mini ou o LG G Pad, e foi o que mais gostei: fácil de segurar em uma só mão, compacto e bonito.

samsung tabpro notepro 9

Os tablets também incluem apps para justificar o termo PRO em seus nomes, como o Cisco WebEx Meetings para videoconferência (seis meses grátis), e-Meeting para compartilhar arquivos e Remote PC para acesso remoto a outro computador. A Samsung também venderá teclado e mouse Bluetooth e um acessório que traz portas USB.

Estes novos tablets são voltados para usuários profissionais, mas também parecem indicar uma nova direção em software para a Samsung: não fique surpreso se a Magazine UX aparecer em outros tablets que a empresa certamente lançará este ano.

O Galaxy TabPro e NotePro serão lançados no primeiro trimestre.

samsung tabpro notepro 3

samsung tabpro notepro 2

samsung tabpro notepro 4

[Felipe Ventura está em Las Vegas cobrindo a CES para o Gizmodo Brasil]