Deixa eu te contar um negócio sobre a safra de 2018 de iPhones: a Apple vai vender um monte deles! E por que eu já estou falando dos iPhones do ano que vem quando maioria das pessoas não teve sequer a oportunidade de ficar de olho no iPhone X de R$ 7 mil que acabou de sair? Porque a KGI Securities já está de olho na “escalação” do próximo ano. Ok, então você quer falar dos iPhones de 2018? Vamos falar dos iPhones de 2018.

De acordo com o analista da KGI Ming-Chi Kuo, 2018 verá o lançamento de três iPhones: um modelo de 5,8 polegadas com tela OLED parecido com o iPhone X, um iPhone X “GG” de 6,5 polegadas, também com tela OLED, e um de “menor” custo de 6,1 polegadas, com tela LCD. Os três celulares parecem trazer designs sem bordas, além do novo Face ID, que estreou no iPhone X, incluindo, é claro, o tão mal falado “entalhe” no topo.

Os dois modelos de OLED visariam o mercado “de ponta”, enquanto o solitário iPhone com tela LCD focaria mercados “intermediários e low-end“, com preço previsto entre US$ 649 e US$ 749. Acho que intermediário não é mais o que já foi um dia.

E embora seja fácil ficar cético, especialmente tão cedo, Ming-Chi Kuo é o cara que disse, ainda em julho, que a Apple abandonaria o Touch ID inteiramente em seu iPhone de aniversário de dez anos. E ele estava certo (junto com um monte de previsões na mosca). E já que o vice-presidente sênior de engenharia de hardware da Apple, Dan Riccio, disse que o design final do iPhone X foi definido um ano antes do lançamento, não é inconcebível que Kuo já possa saber o que vem por aí. Então, até que tenhamos mais informações com que trabalhar, esse é o melhor vislumbre que podemos ter do que a Apple prepara para o ano que vem.

Entretanto, ainda assim eu quero questionar algumas coisas, especialmente esse iPhone enorme de 6,5 polegadas, que seria facilmente o maior iPhone já feito pela Apple, notavelmente maior do que celulares já muito grandes, como o Galaxy Note 8, de 6,3 polegadas. As previsões de Kuo também parecem confirmar o que muitos suspeitaram: a morte do Touch ID vem em 2018, pelo menos nos topos de linha da Apple.

A única coisa que essa reportagem não menciona, no entanto, é o que a Apple planeja fazer com o iPhone SE. Baseado no histórico recente, o SE deve receber um novo modelo no segundo trimestre de 2018. E com os iPhones de 2018 lançados no último trimestre do ano que vem, o smartphone pequeno remanescente da Apple pode ser uma parte ainda mais importante do portfólio geral da empresa.

Então, aí está. Essas informações facilitaram suas decisões de compra de smartphones para este ano? Ou você vai esperar e ver se a previsão se confirma? Seja bem-vindo ao ciclo ininterrupto de notícias da Apple. Espero que você esteja feliz.

[KGI via MacRumors, 9to5Mac]

Imagem do topo: KGI Securities