A Microsoft vem se esforçando para criar um ecossistema único baseado no Windows: permite apps universais que podem ser instalados no PC e smartphone; lançou recursos do Windows Phone 8.1 que o aproximam do Windows 8.1; aumentou a integração ao Bing/OneDrive; entre outros.

Agora, isso vai chegar a um novo nível. Satya Nadella disse a investidores e analistas: “na próxima versão do Windows, vamos passar de três sistemas operacionais para um único sistema operacional convergente, para telas de todos os tamanhos”.

Isso não significa que seu celular rodará exatamente o mesmo Windows que seu PC: a Microsoft continuará vendendo versões diferentes do sistema – Pro, Enterprise etc. – mas elas serão bem semelhantes por dentro.

Talvez você lembre que o Windows Phone 8 já usava o mesmo kernel do Windows 8. E com as versões 8.1, a maioria das APIs são iguais entre os dois sistemas. Então o que Nadella está prometendo? Ele explica:

A realidade é que nós não tínhamos um só Windows; tínhamos vários sistemas operacionais Windows dentro da Microsoft. Era um para celulares, um para tablets e PCs, um para Xbox, um “embedded”… agora temos uma só equipe para essa arquitetura em camadas (…). Isso também nos permite levar a mesma interface do usuário para todos os tamanhos de tela; e nos permite criar a noção de apps universais para Windows, trazendo uma coesão maior.

A unificação pode ajudar a trazer mais apps para o Windows Phone, e a reforçar o ecossistema do Windows. Além disso, Nadella prometeu “unificar nossas lojas e plataformas para vendas e para desenvolvedores”.

Será que essa unificação sinaliza também uma interface mais semelhante entre smartphone e PC? Poderíamos ter enfim uma Cortana e uma central de notificações no laptop/tablet, por exemplo. Por enquanto, Nadella só diz isso: “estamos ansiosos para compartilhar mais sobre a nossa próxima grande onda de melhorias para o Windows nos próximos meses”.

A próxima versão do Windows, de codinome Threshold, deve ser lançada em abril de 2015, e pode entrar em beta público no final deste ano. A Microsoft diz que ela trará o menu Iniciar de volta, e permitirá que apps Metro rodem em janelas.

O Windows é gratuito para as fabricantes se instalado em dispositivos com menos de 9 polegadas. E em maio, a Microsoft anunciou o “Windows 8.1 with Bing”, uma versão de baixo custo para fabricantes que deixa o Bing como padrão de buscas; Nadella diz que essa versão chegará a notebooks e tablets no final do ano. [Seeking Alpha via Business Insider via The Verge]