Ouvimos falar sobre os novos sucessores do Xoom no final do ano passado. Primeiro chegou o irmão menor, o Xoom Media Edition de 8,2″, apenas em versão Wi-Fi por R$1.299. Agora chega o Xoom 2 de 10,1″, apenas em versão 3G por R$1.899 no varejo – e também fabricado no Brasil. O que ele tem?

O Xoom 2 tem 8,8 mm de espessura e 603g de peso – praticamente igual ao iPad 2 3G, porém um pouquinho a mais do que o Samsung Galaxy Tab 10.1 e o Asus Transformer Prime. Ele conta com tela resistente a riscos (Gorilla Glass) e respingos (SplashGuard). O display IPS garante imagens mais vivas e melhor ângulo de visão – é a tecnologia que os iPads usam. E agora ele tem esses cantos… uhm… diferentes.

Por dentro, ele tem processador TI OMAP dual-core de 1,2GHz, 1GB de RAM e 32GB de espaço interno (mais até 32GB via cartão de memória). Sim, ele tem duas câmeras – traseira HD de 5MP com flash, e frontal de 1,3MP. Ele ainda roda Android 3.2 Honeycomb, que a Motorola promete atualizar para Ice Cream Sandwich no terceiro trimestre. Por que a Motorola não o lançou direto com ICS? A empresa já disse que é demorado adaptar o novo sistema a diversos tipos de hardware, e também demora a “adaptação de conteúdo” que tenta diferenciar o tablet. De um jeito ou de outro, ICS só entre julho e setembro.

O Honeycomb no Xoom 2 é levemente personalizado, e vem com alguns apps exclusivos da Motorola – como o MotoCast, que permite acesso e streaming de arquivos entre o tablet e seu computador. O Xoom 2 tem som surround com efeito 3D virtual, toca vídeos em Full-HD e tem saída HDMI. Ele também tem emissor infravermelho, que o transforma em controle remoto universal. E para deixá-lo “Business Ready”, eles colocaram suporte a VPN e criptografia, apps da Citrix para virtualização de desktop e o Motoprint, que permite imprimir a partir do tablet (nem todo mundo quer ser paperless, né).

Em questão de preço, ele está abaixo do iPad 2 correspondente (3G de 32GB): R$1.899 vs. R$2.099 na Apple Store, e a Apple baixou os preços — isso pode ser o efeito da “MP do Tablet” ou uma tática mais agressiva da Motorola. Mas vejamos como ele se compara ao Asus Transformer Prime, que promete chegar este mês: ele tem especificações melhores que o Xoom 2 (mais fino, mais leve, Tegra 3), tem suporte ao dock com teclado e já roda ICS. Nós recebemos o Xoom 2 e logo teremos impressões de hands-on. [Motorola Xoom 2]