Megarampas. Plataformas de lançamento gigantes feitas de madeira onde skatistas voadores profissionais como Danny Way e o brasileiro Bob Burnquist ganham a vida. Como skatista de longa data, sempre tive um ressentimento com a moda das megarampas. Por quê? Elas reduzem a sutileza e variedade do skate ao mero espetáculo. Quem consegue ir mais longe a partir da maior descida? Elas transformam skatistas em meros dublês. Xtreme Action Sportz, mano!!! Ao contrário do que ESPN e Mountain Dew lhe fazem acreditar, o skate é muito mais do que pura adrenalina.

A menos que estejamos falando do pequeno Tom Schaar de 12 anos fazendo o primeiro 1080 em skate da história. Simplesmente isso. Esse me fez sorrir. E me fez agradecer que ele tivesse uma megarampa para saltar.

Eu estava assistindo à apresentação onde, em 1999, Tony Hawk mandou o primeiro 900. Foi muito empolgante. E embora ele o tenha feito à moda antiga, em um half-pipe de verdade, Tom Schaar merece muitos kudos. Ele foi lá e fez um perfeito. Isso é sempre muito bom. [Red Bull]