Pela primeira vez desde o OS X Cheetah em 2000, não-desenvolvedores terão a oportunidade de testar o próximo sistema operacional da Apple, e de graça. Você precisa estar no primeiro milhão de pessoas a se inscrever, por isso não demore. Eis o que você precisa fazer, e o que acontece em seguida.

Primeiro, vá até a página oficial de inscrição no site da Apple. Clique no botão “Sign Up”, digite seu Apple ID e senha, aceite o contrato de programa, e pronto: você receberá uma notificação por e-mail quando o software estiver pronto para baixar e instalar.

A Apple ainda não diz quando vai distribuir o beta do Yosemite para esses usuários; isto faz parte de uma iniciativa maior de testes beta públicos que a empresa lançou em abril.

MAIS: Primeiras impressões do OS X Yosemite, a maior mudança da Apple no desktop em anos

Quando for possível instalá-lo, você deve relatar quaisquer bugs ou comportamento estranho no aplicativo Assistente de Feedback, que aparece com destaque no software pré-lançamento.

Claro, por se tratar de um software beta, ele terá muitos bugs; e muitos de seus aplicativos e dispositivos existentes podem não ser totalmente compatíveis no momento. A Apple recomenda fazer backup de todos os seus dados antes de instalar o sistema operacional.

Note também que nem todas as funções anunciadas para o Yosemite estarão no beta: o Handoff, Instant Hotspot e iCloud Drive, por exemplo, só virão no lançamento oficial; enquanto as sugestões de busca no Spotlight só estarão disponíveis para usuários nos EUA.

Se você se inscreveu para o Mac Developer Program – que custa US$ 99 por ano – você pode baixar o Yosemite hoje mesmo. É um preço alto a pagar por uma vantagem de apenas algumas semanas (e tecnicamente falando, você deve ser um desenvolvedor de verdade). Felizmente, agora você pode experimentar tudo sem pagar nada.

A atualização para o Yosemite será distribuída a todos os usuários de Mac no quarto trimestre, e será gratuita.