A menos que você esteja gastando uma grana em passagens de primeira classe ou classe executiva, seu sistema de entretenimento durante os voos provavelmente se parece com algo da década passada. Os monitores que as companhias aéreas colocam na traseira dos assentos são normalmente simples, de baixa resolução e têm uma seleção de conteúdo bem patética. Isso significa que provavelmente vale mais a pena tirar seu smartphone ou tablet do bolso e, se o Wi-Fi do voo for ruim também (o que provavelmente é o caso), você estará limitado a seja lá o que você conseguiu baixar antes de entrar na aeronave.

• A nova “companhia aérea para millennials” da Air France oferece realidade virtual e bar rooftop
• A briga por padrões de direitos autorais no streaming de vídeo foi vencida por grandes corporações

Porém, durante uma feira nesta semana, a Netflix anunciou uma nova iniciativa que pode melhorar os voos ao trazer Wi-Fi mais rápido para várias companhias aéreas. A empresa vai lançar um novo serviço chamado “Netflix Inflight 2.0”, que vai oferecer melhores ferramentas e informações a linhas aéreas que oferecem streaming de conteúdo durante os voos. A Netflix diz que o novo serviço deve melhorar os tempos de buferização e ajudar a reduzir a largura de banda, para que as operadoras “possam agora dar suporte e promover certos serviços em voos como parte central da oferta [da companhia aérea], em vez de manter isso apenas em uma categoria premium”.

Com isso, a ideia é que as companhias aéreas possam oferecer Wi-Fi gratuito ou de baixo custo para que usuários da Netflix possam entrar em suas contas e assistir a filmes e programas de TV como normalmente o fazem, enquanto outros passageiros podem se inscrever em períodos de testes gratuitos e ter acesso a uma biblioteca de vídeos durante os voos muito maior do que o que é tradicionalmente oferecido por qualquer sistema de entretenimento das companhias aéreas.

No entanto, não espere uma qualidade de 1080p, já que a largura da banda será limitada em torno de 250 kbps, o que está mais perto de uma definição padrão de DVD. Mas, ei, isso já é melhor do que o que você tem à disposição atualmente.

A Netflix foi pioneira nesse modelo ao fazer parceria com a Virgin America para oferecer Wi-Fi gratuito em voos em 2015, antes de expandir o programa para linhas aéreas como Qantas e Aeromexico. A companhia não mencionou especificamente com quais companhias aéreas quer fazer parceria desta vez.

[Apex]

Imagem do topo: Virgin America