Mesmo que a ciência médica tenha avançado imensuravelmente no último século, muitas doenças preveníveis ainda tiram vidas devido a programas de vacinação ineficazes. Este mapa mostra onde e quando isso acontece.

O Conselho de Relações Internacionais do Programa de Saúde Global começou a rastrear casos de doenças preveníveis com vacinas em 2008, e agora produziu este mapa interativo para ajudar na visualização dos dados. O mapa mostra o número conhecido de casos registrados de doenças como sarampo, caxumba, coqueluche e mais – todas elas que podem ser evitadas com vacinas – que ocorreram entre 2008 e 2014.

Por mais que seja compreensível que muitos casos desses surtos de doenças ocorram em países em desenvolvimento – a maior parte deles como resultado da indisponibilidade de vacina tríplice viral, como destaca o LA Times – também foram detectados casos surpreendentes em partes mais desenvolvidas do mundo. A coqueluche foi bastante comum nesses seis anos nos Estados Unidos, especialmente no estado da Califórnia, que, sozinho, registrou 10.000 casos da doença entre 2011 e 2013.

No Brasil, os registros são poucos e envolvem apenas o sarampo. Em 2013, alguns casos foram registrados na cidade de Bauru, em São Paulo, e no estado de Minas Gerais, enquanto todo o estado de Pernambuco sofre um surto da doença neste início de 2014.

Você pode argumentar que o mapa é um pouco tendencioso – afinal, ele foi criado a partir de coleta de notícias internacionais, o que significa que mais casos podem ter sido relatados em alguns desses países e não foram computados. Mas mesmo assim, o predomínio de algumas doenças preveníveis em países pelo mundo é bastante chocante, e não posso deixar de imaginar que movimentos anti-vacinação são, ao menos, parcialmente responsáveis. O mapa – em inglês – pode ser explorado aqui. [CFR via LA Times viaVerge]