Dados da comScore para o segundo trimestre revelam um cenário preocupante para o Windows Phone: a Microsoft perdeu espaço de novo no mercado de smartphones nos EUA. Segundo o InformationWeek, a participação de mercado da Microsoft está caindo em 5% mensais nos últimos seis meses – e isto considera tanto o Windows Phone 7 como o Windows Mobile. Será que o Windows Phone vai decolar?

Os números da comScore não se tratam de vendas, e sim de número total de usuários nos EUA. O mais novo relatório coloca o Android, do Google, no topo do mercado de smartphones, usado por 40% dos usuários. O iPhone fica em segundo lugar, com 26,6% de participação. Ambas as plataformas cresceram de um trimestre para o outro; quem saiu perdendo foi a RIM (fabricante do BlackBerry), a Microsoft (com Windows Phone/Windows Mobile) e o Symbian.

O Windows Phone não foi lançado em vários mercados, mas mesmo nos EUA, onde ele está presente desde novembro do ano passado, os usuários estão relutantes em adotá-lo. Por um lado, faz sentido: a Microsoft está falando tanto sobre o Windows Phone Mango, que promete deixar a plataforma à altura da concorrência, que as pessoas podem estar esperando seu lançamento. Por outro lado, o smartphone da Nokia com Mango deve ser a prova de fogo da plataforma: se ela não decolar a partir do final do ano, talvez não caiba mais um concorrente nesta corrida. [comScore via InformationWeek via Geek]