Você pode não perceber, mas muitas das fotos dos produtos que você vê nos anúncios publicitários na verdade são feitas por computação gráfica. É a forma mais fácil de garantir que iluminação, ângulo, sombras e detalhes estejam absolutamente perfeitos. E agora a Adobe criou uma nova ferramenta, com codinome Project Felix, que facilita esse trabalho para os designers.

• Pinturas a óleo 3D virtuais simulam perfeitamente a interação entre pincel, tinta e tela
• Photoshop preenche sozinho os espaços em branco das fotos que você girar

A computação gráfica (CG) e modelagem 3D já foram consideradas ferramentas de ponta, disponíveis apenas em estações de trabalho caríssimas. Mas agora é possível trabalhar com o 3D até mesmo em aplicativos básicos como o Paint. Integrar materiais de computação gráfica está deixando de ser uma habilidade de nicho e se tornando uma exigência para qualquer um que queira viver de design.

adobe-project-felix-1

Porém, dominar programas de design gráfico como Illustrator e Photoshop não garante que você tenha todas as habilidades necessárias para trabalhar com modelos 3D ou com a composição de elementos em CG em fotografias. Com o Project Felix, um designer gráfico pode enfrentar projetos que envolvam essas habilidades, sem precisar dominar ou pagar um profissional especialista nessas ferramentas.

A interface do Project Felix lembra softwares de modelagem 3D e animação, mas não tem as ferramentas necessárias para criar novos elementos. Em vez disso, ele assume que você já tem os modelos 3D necessários para serem integrados numa foto existente – como uma garrafa de uma bebida que estaria num calçadão de uma praia.

O que o Project Feliz faz é analisar o plano de fundo da imagem que você está utilizando e então colocar automaticamente o modelo 3D na cena com iluminação precisa, sombras, reflexos e outros efeitos que deixam o trabalho bem realista. Ele também calcula o ângulo da câmera e a perspectiva numa imagem 2D, incluindo o ângulo de superfícies planas como a bancada de uma cozinha. Dessa forma, o modelo 3D é posicionado automaticamente, alinhado corretamente e numa escala que faça parecer que ele realmente estava ali quando a foto foi tirada.

adobe-project-felix-2

Muitas vezes, o anúncio do produto precisa ser manipulado para se ajustar a diferentes embalagens que diferem de país para país, ou que demonstram diferentes versões ou sabores. O Project Felix permite a aplicação de texturas personalizadas, imagens, cor e outras propriedades num modelo 3D. No caso da garrafa, é possível definir que a tampa tem a aparência de um plástico fosco, enquanto o restante é feito de um vidro, com brilho e reflexos. Com a ferramenta, o usuário pode mudar e refinar a aparência dos objetos 3D, só não podem remodelá-lo.

O olho humano é incrivelmente hábil em perceber uma computação gráfica mal feita e integrada, então o software da Adobe permite que o usuário faça ajustes manuais na composição criada para ele, para que todos os elementos fiquem perfeitos. É possível mudar a iluminação, sombras, ângulo da câmera e outros elementos, mesmo depois de uma composição ser renderizada pelo Project Felix. O software também gera um documento 2D com camadas que podem ser levadas para o Photoshop, para realizar ajustes finos. O diretor criativo achou que as sombras estão muito duras? Essa camada específica pode ser reduzida no Photoshop, sem precisar renderizar o projeto inteiro novamente.

adobe-project-felix-3

A Adobe ainda não revelou quando o Project Felix estará disponível – eles nem decidiram um nome para o produto ainda. No momento, eles continuam trabalhando na finalização do conjunto de ferramentas do software e encontrando um equilíbrio entre torná-lo fácil de usar, mas ainda assim robusto o suficiente para ser útil.

Entre as funcionalidades que ainda podem ser incluídas estão a possibilidade de gerar um texto 3D e formas básicas, além de uma renderização mais rápida e resultados exibidos em tempo real. A companhia não quer que o software se torne uma verdadeira ferramenta de modelagem 3D. Na verdade, ele vem sendo projetado para ser o oposto: uma maneira fácil de aproveitar os benefícios de se trabalhar com a computação gráfica, sem todas as dores de cabeça envolvidas nesse processo.

[Adobe Creative Cloud]