Nós já havíamos ficado intrigados com algumas curiosas (e exóticas) projeções supostamente feitas por aliens em alguns pontos turísticos do Rio de Janeiro. Aparentemente, nossos alienígenas são viciados em redes sociais e adoram a hashtag #WINNERTAKESEARTH.

Saiba mais: Alienígenas já fizeram de tudo um pouco. Mas… hashtags?!

Mas, aparentemente, nossos alienígenas não apenas são viciados em redes sociais quanto gostam de um jogo de futebol. Ou seja: eles são como aquelas pessoas que ficam tuitando e torcendo de quarta-feira à noite e gritando “chupa!” para os amiguinhos na janela. Talvez sejam eles que projetem o som desses “chupas!” no universo para incitar os humanos contra eles mesmos. Quem sabe, um dia, nós ainda vamos descobrir que os torcedores organizados nada mais são do que marcianos disfarçados. É. Pois é.

Aparentemente, a invasão começou pela Europa. Uns feiticeiros esquisitos com capas, capuzes e símbolos bizarros deram o ar da graça em jogos em Turim, Londres e Munique (não se sabe se pagaram ingressos ou se há algum programa de descontos para alienígenas). Aparentemente, eles gostam de um Bayern de Munique, de um Chelsea, mas gostam, principalmente, de fazer exigências. E uma delas foi um encontro com o gigante Franz Beckenbauer, presidente do Bayern e um dos maiores jogadores de futebol da história.

Beckenbauer aceitou, e fez um vídeo bem estranho sobre o encontro. Disse ter falado com aliens e marcado com eles uma partida de futebol (não se sabe se com as regras da Fifa ou as de, sei lá, Plutão?) para tentar salvar nós, pobres humanos, da destruição. Se perdermos, tchau. Acabou. E, ao contrário do que diz Galvão Bueno, não será “Acabou, é Tetra!”. Será “Acabou! Acabou! Aca…”

Se tiver palpites, conte pra gente. Nem a gente sabe direito o que os tais alienígenas querem conosco.