Há mais um concorrente entre as plataformas de streaming de música no Brasil. A Amazon anunciou nesta semana a chegada do Amazon Music com duas categorias: Prime Music e Music Unlimited.

Amazon Music Unlimited

A novidade mesmo é o Music Unlimited, que baterá de frente com Spotify, Apple Music e Deezer. Segundo a Amazon, são mais de 50 milhões de faixas e playlists e estações criadas para o público brasileiro. Uma dessas playslists é atualizada semanalmente com lançamentos de artistas brasileiros e internacionais.



O serviço custa R$ 16,90 ao mês, ou R$ 169 ao ano (16% de desconto). Há também o Plano Família, que permite que até seis membros da mesma família usem a mesma assinatura por apenas R$ 25,90 ao mês ou R$ 259 ao ano (16% de desconto).

O preço é idêntico ao dos concorrentes na cobrança mensal, com pequenas diferenças no valor cobrado pelo plano familiar.

Para efeitos de comparação, o Spotify diz ter mais de 30 milhões de músicas em seu catálogo, enquanto o Apple Music diz ter 50 milhões de faixas e o Deezer afirma ter 56 milhões.

É possível baixar músicas em até 10 dispositivos diferentes para ouvir offline no iPhone, iPad, Android, Windows, macOS e Fire TV Stick.

Os usuários podem testar o serviço por três meses, sem pagar nada.

Amazon Prime Music

O Prime Music, por sua vez, vem no pacote Amazon Prime lançado nesta semana, que custa R$ 9,90 mensais e garante acesso também ao Prime Video, livros e revistas no Prime Reading, conta Prime no Twitch, promoções exclusivas na loja e fretes grátis em produtos entregues pela Amazon. O catálogo dessa opção, no entanto, é menor: apenas 2 milhões de faixas estão disponíveis.