O pacote de benefícios para assinantes da Amazon finalmente chegou ao Brasil. Agora – além do Prime Video (serviço de streaming de filmes e séries) e do Twitch (plataforma de jogos online), que antes eram assinados individualmente -, com o Amazon Prime, os brasileiros ganham descontos em produtos, frete grátis, plataforma de música e de leitura, além de ofertas exclusivas na gigante de varejo.

Nesse texto, vamos explicar de onde surgiu esse modelo de negócios, destrinchar todas as suas ofertas e entender no fim se vale ou não contratar os serviços Amazon Prime. Uma história que começa bem antes da Amazon ser considerada uma das empresas mais valiosas do mundo e o seu reinado ser expandido para muito além de livros e DVDs.

Amazon antes de ser Prime

Em 2004, a Amazon sofria grande concorrência nos Estados Unidos. A varejista Best Buy vivia seus dias de expansão, com vendas crescendo 17% ao ano. A Toys ‘R’ Us processava a empresa fundada e dirigida por Jeff Bezos, alegando que havia violado um acordo que as duas empresas tinham para que a rede de lojas de brinquedos fosse um exclusiva na Amazon.com.

Jeff Bezos, CEO e fundador da AmazonJeff Bezos, CEO da Amazon. Crédito: Amazon

Para ajudar mais ainda, durante a temporada de festas, o site da Amazon sofreu repetidas quedas, atraindo a ira dos clientes e da imprensa.

A Amazon valia US$ 18 bilhões na época. Seu principal concorrente, o eBay, por outro lado, era um queridinho da Internet e valia quase US$ 33 bilhões. Se você fosse uma pessoa de “fora” e tivesse que escolher uma como o futuro do e-commerce, talvez fosse difícil imaginar a Amazon como a vencedora.

Mas fato é que 15 anos depois, a história provou-se outra e hoje a Amazon vale mais de US$ 900 bilhões, em comparação com apenas os US$ 33 bilhões do eBay, que desmembrou e sucateou sua mais valiosa divisão: o PayPal.

O serviço, lançado em fevereiro de 2005 nos Estados Unidos, foi o primeiro do gênero: por um pagamento adiantado de US$ 79, os clientes eram recompensados ​​com uma entrega de dois dias ilimitada em seus pedidos. Na época, a Amazon cobrava US$ 9,48 pela entrega em dois dias, ou seja, se você fizesse apenas nove desses pedidos em um ano, o Prime pagaria por si só.

“Mesmo para pessoas que podem pagar pelo transporte de dois dias, isso parece um luxo indulgente”, disse Bezos sobre o Prime, em uma ligação com analistas de Wall Street quando o serviço fora lançado em 2005.

Com isso, a Amazon aumentou o nível de conveniência nas compras online. Isso, por sua vez, acabou mudando os tipos de produtos que as pessoas estavam dispostas a comprar online. Precisa de um presente de última hora ou o pacote de fraldas está quase no final? A Amazon passou a ser uma alternativa ao imediatismo das lojas físicas.

A aposta de Bezos deu certo. Membros do Prime começaram a gastar mais e comprar com mais frequência do que não membros. Em 2018, foram registrados mais de 100 milhões de membros pagantes no mundo todo. Tacada certeira, não?

Foi logo no ano seguinte, em 2006, que a Amazon voltou a apostar alto e anunciou o avô do Prime Video: o Amazon Unbox, um serviço lançado com milhares de programas de TV e filmes disponíveis para venda ou aluguel por download. A Amazon estava disposta a lançar o serviço, embora tivesse o potencial de canibalizar seu próprio negócio de DVDs. É o DNA dos inquietos que mais uma vez mordia sua cultura de inovação.

Em 2011, a Amazon renomeou seu serviço para Amazon Instant Video – e com o crescente barulho da Netflix -, acrescentou mais de 5 mil filmes e programas de TV em seu catálogo exclusivo. As plataformas de streaming deram um boom, a Amazon soube surfar essa onda sem abdicar da sua atividade econômica principal e se tornou uma das empresas mais polivalentes a oferecer aos seus membros um pacote completo de benefícios.

Amazon Prime no Brasil

O Amazon Prime funciona como um grande pacote de serviços que oferece aos assinantes ofertas exclusivas, frete grátis e uma série de conteúdos digitais distribuídos via streaming.

Imagem promocional da estreia do Amazon Prime no BrasilImagem de estreia do serviço Amazon Prime no Brasil. Crédito: Amazon

A assinatura do Amazon Prime pode tanto ser mensal quanto anual e os preços costumam ser baixos e atrativos. Além disso, também é possível assinar pacotes adicionais que te dão um acesso ainda mais amplo ao acervo de livros digitais e de músicas da Amazon.

Lançado em setembro de 2019 no Brasil, o Amazon Prime já é utilizado por mais de 100 milhões de pessoas em 18 países. O Brasil é o 19º país e o primeiro da América Latina a receber o pacote de assinatura da Amazon.

Amazon Prime: o que está incluso no pacote?

Para que você conheça em detalhes as características de cada um dos benefícios do Amazon Prime, listamos todos eles a seguir.

Prime Video

Trata-se do streaming de vídeos da Amazon, que traz filmes, séries e documentários, produzidos pela própria empresa e licenciados de outras produtoras e estúdios de cinema.

Membros Prime tem acesso a um catálogo com milhares de filmes e séries, a qualquer hora, em qualquer lugar e em diversos dispositivos – seja no site ou no app Prime Video, seja no seu celular, tablet (Android e iOS) ou em Smart TVs selecionadas, além de consoles de videogame, Fire TV Stick, Apple TV e Google Chromecast.

Tela do serviço de vídeo da Amazon Prime Video

É possível acessar o conteúdo em até três dispositivos ao mesmo tempo e ainda offline ao baixar os títulos.

Amazon Prime: o que muda se você já era assinante do Prime Video?

Antes da chegada do Amazon Prime, o Prime Video era acessado por meio de uma assinatura de R$ 14,90 ao mês, com um período promocional de seis meses por R$ 7,90.

A questão é que o Prime Video agora faz parte do pacote Amazon Prime, com a vantagem de que a assinatura mensal é mais barata (R$ 9,90 ao mês). O que muda então para os assinantes do Prime Video?

Se você já paga pelo Amazon Prime Video, não se preocupe, porque você não será prejudicado. Muito pelo contrário. De acordo com a Amazon, os atuais assinantes do Prime Video serão migrados automaticamente para o Amazon Prime.

Dessa forma, se você já era assinante do streaming de vídeo, a partir de agora passará a pagar o novo valor, mais barato, e ainda terá acesso a todos os outros benefícios do pacote Prime.

Prime Music

Os membros Amazon Prime podem acessar o Prime Music e desfrutar de mais de 2 milhões de músicas sem anúncios. O Prime Music também disponibiliza centenas de playlists e estações, sem nenhum custo adicional.

Os assinantes do Amazon Prime poderão ouvir as músicas do Prime Music com o aplicativo Amazon Music, disponível para celulares e tablets iOS e Android, com o Fire TV, em webplayer; ou no carro, com os apps Android Auto ou Apple CarPlay.

Amazon Music Unlimited

Já o Amazon Music Unlimited é o serviço de música por assinatura que possui um catálogo de mais de 50 milhões de músicas, além de centenas de playlists e estações selecionadas com curadoria humana. Também sem anúncios, permite fazer o download de músicas para ouvir offline e oferece recomendações com base no que você ouve, assim como playlists para momentos específicos. Custa R$ 16,90 por mês ou R$ 169 por ano.

O Amazon Music Unlimited não oferece um plano gratuito com anúncios, assim como faz o Spotify, mas permite testar a plataforma por 90 dias sem ter custos no Brasil.

É verdade que, com a assinatura do Amazon Prime, você já pode ouvir as mais de duas milhões de músicas sem anúncios por streaming ou baixá-la para escutar sem conexão usando o benefício do Amazon Prime Music, embutido no pacote de serviços adicionais.

Mesmo se você for cliente do Amazon Prime, precisará se inscrever no Amazon Music Unlimited. Este é quem concorre com Spotify, Deezer, Tidal e Apple Music.

Há também um Plano Família, que permite incluir até seis membros da família, todos ouvindo músicas ao mesmo tempo e em todos os dispositivos compatíveis. Os preços mudam, de R$ 25,90 ao mês e de R$ 259 ao ano.

Resumindo, a principal diferença entre as duas modalidades é o catálogo de músicas. Enquanto o Prime Music tem 2 milhões de faixas, o Amazon Music Unlimited tem mais de 50 milhões. É como se a Netflix oferecesse um plano simples, com alguns filmes e séries grátis, e o acervo completo em um plano pago.

Prime Reading

O Amazon Prime Reading é uma versão mais modesta do Kindle Unlimited, o serviço de assinatura de livros da Amazon. O plano que vem junto com o Amazon Prime dá direito a uma seleção de livros e revistas rotativas, que você pode ler no seu Kindle, no aplicativo para celular ou navegador no computador.

A Amazon informa que o acervo do Prime Reading contém “centenas” de livros de ficção e não-ficção, além de revistas periódicas da Editora Abril, como Veja, Superinteressante, Saúde e Claudia. Entre os livros, há títulos de autores como Anthony Burgess, Mario Sergio Cortella, Bram Stoker, J.K. Rowling, Chuck Palahniuk, Franz Kafka, cobrindo temas como romance, auto-ajuda, espiritualidade e outros assuntos.

É preciso deixar bem claro: o Prime Reading não é o Kindle Unlimited. Para ter acesso a um grande catálogo de livros de forma permanente, é preciso assinar o plano adicional, independente do Amazon Prime.

Captura de tela do serviço Kindle Unlimited em inglês

Uma vez que você assinar o Amazon Prime, já poderá baixar e ler livros que fazem parte do catálogo rotativo, tanto pelos leitores Kindle quanto pelos apps para iPhone e Android ou pelo navegador. Os livros que fazem parte do plano estão marcados com o selo “Prime”.

Kindle Unlimited

O Kindle Unlimited, o serviço de assinatura de livros da Amazon, é um plano à parte, que custa R$ 19,90 por mês, com um período de testes de 30 dias. O Prime Reading conta com um catálogo bem menor de livros (o Kindle Unlimited disponibiliza mais de 1 milhão de e-books) e, como se não bastasse, o acervo é rotativo: de tempos em tempos a Amazon varia os livros e revistas disponíveis, independente se você terminou de ler.

Twitch Prime

A Twitch TV é uma plataforma de streaming com foco em transmissões de jogos eletrônicos, incluindo campeonatos de e-sports transmitidos ao vivo ou on-demand.

O Twitch Prime é um serviço de assinatura premium da Twitch TV feito através da Amazon Prime Video, plataforma de streaming de filmes e séries. Os assinantes do Twitch Prime possuem algumas vantagens, como:

  • Inscrição de canal: todo assinante da Twitch Prime recebe uma inscrição de canal a cada 30 dias. Ao se inscrever em um determinado canal, o usuário tem alguns benefícios, como acesso à emotes personalizados para usar em toda a plataforma, mudar a cor do bate-papo, distintivo de inscrito e visualização de vídeos sem anúncios em alguns canais.
  • Jogos liberados: a Twitch Prime oferece aos seus usuários todos os meses o acesso exclusivo a alguns jogos. Em média, são disponibilizados cinco títulos por vez. Porém, no mês de julho de 2018, por exemplo, foram concedidos 21 games em comemoração ao Prime Day (uma espécie de Black Friday fora de época, exclusiva da Amazon). O resgate dos títulos é feito durante um certo período do mês vigente.

Se você está em dúvida se vale a pena ou não investir no serviço, a Twitch Prime está disponível para teste grátis por sete dias. O teste inclui todos os benefícios da assinatura, exceto a inscrição de canal, que só é liberada após o período de teste gratuito.

Frete ilimitado e grátis na Amazon

Atualmente, e fora do pacote Amazon Prime, a entregas de livros e outros produtos contam com frete grátis apenas para compras a partir de R$ 99 para livros e games e de R$ 149 para os demais produtos.

Mas, como membro do Amazon Prime, você poderá comprar centenas de milhares de produtos em mais de 20 categorias, além de milhões de livros impressos, sem pagar nada pelo frete e sem valor mínimo de compras.

Galpão da Amazon localizado em São PauloCentro de distribuição da Amazon em Cajamar (SP). Crédito: Amazon

Ao assinar o pacote da Amazon Prime você terá duas opções de entrega para a compra de livros e outros produtos vendidos na loja online. Em ambos os casos não há exigência de valor mínimo de compra e o frete é gratuito. O que muda entre uma opção e outra é basicamente o prazo da entrega.

Na Entrega Grátis Expressa é garantida a entrega dos produtos a partir de dois dias úteis para as capitais das regiões Sudeste e Sul, além de Goiânia e Brasília.

Na Entrega Grátis Padrão, para as demais cidades, além de pedidos pagos com boleto bancário e produtos sob encomenda, o prazo de entrega vai depender das circunstâncias de envio e disponibilidade dos produtos.

Ofertas Exclusivas da Amazon Prime

Por fim, o pacote Amazon Prime também oferece aos assinantes acesso a ofertas exclusivas dos produtos da loja online. Os membros Prime receberão o anúncio de ofertas relâmpago pelo menos 30 minutos antes que elas sejam divulgadas para o público em geral.

Qual o preço do Amazon Prime?

A Amazon disponibiliza duas formas de pagamento: a mensal (R$ 9,90) e a anual (R$ 89). A assinatura anual do Amazon Prime garante 25% de economia.

Como faço para assinar o Amazon Prime?

Se você se interessou pelo Amazon Prime, basta clicar aqui e acessar o site da Amazon Brasil, escolher a forma de pagamento e inserir os dados do seu cartão de crédito.

A única forma de pagamento é por meio de cartão de crédito e são aceitas apenas três bandeiras: Visa, Elo e Mastercard. Além disso, quando você se inscreve no Amazon Prime, sua assinatura será renovada automaticamente a cada ano ou mês, dependendo do tipo de assinatura que você escolher.

Mas não se preocupe se por acaso você decidir cancelar a assinatura. A Amazon permite que você desative a renovação automática, encerrando sua assinatura a qualquer momento, inclusive durante o teste gratuito.

É possível testar o Amazon Prime antes de realizar a assinatura?

Sim e essa é outra grande vantagem do Amazon Prime. Se você ainda tem dúvidas se esse pacote é um bom investimento, a Amazon permite que você teste, gratuitamente, todos os serviços do Amazon Prime por um período de 30 dias – e de graça.

Ou seja, você poderá comprar livros e produtos selecionados com entrega gratuita, acessar filmes e vídeos, jogos e músicas à vontade. Ao final do período de testes, a sua assinatura entrará em vigor automaticamente.

Mas se você decidir que o Amazon Prime não é para você, basta desativar a renovação da assinatura antes de terminar o período de teste.

Para quem o Amazon Prime é recomendado

Se você gosta de comprar online e ainda é fã de filmes, séries, documentários, leitura e músicas via streaming, a resposta é bem simples: sim, o Amazon Prime é para você. Trata-se de um dos pacotes de benefícios mais completos do Brasil.

Experimente, porque essa é uma das grandes vantagens do Amazon Prime. Você terá a oportunidade de testar todos os serviços e conteúdos antes de se comprometer – ainda que você se associe ao programa é possível cancelar a sua assinatura a qualquer momento e sem nenhum tipo de prejuízo.

Essa é a recomendação básica. Dá para ir além. Se você é aficionado pela sétima arte, o Prime Video disponibiliza em tempo real (basta você pausar o filme ou a série que você está vendo) o X-Ray, ou seja, o elenco e dados sobre quem está participando daquela cena em questão. É um serviço que atrai os mais entusiastas por cinema. Nenhum concorrente oferece esse tipo de recurso.

Recurso X-Ray, ou Raio-X, do Prime Video, mostra informações da cenaCrédito: Amazon

Mesma coisa vale para o Twitch Prime. A Twitch TV está disponível para qualquer um acessar, mas com os benefícios do Twitch Prime, você consegue se engajar na plataforma de uma forma mais prática e acessível financeiramente. Se você gosta de games, provavelmente também tem um pé no cinema, na literatura e na indústria musical. Ao invés de assinar paralelamente esse serviço, você pode obter o pacote completo, não? Ao invés de se comprometer unicamente com o Twitch por um preço similar, por que não ganhar todos os outros benefícios?

Na onda seguimos para o Prime Music e o Prime Reading. Embora no pacote básico do Amazon Prime o serviço oferecido não seja o completo, você já terá boas horas de entretenimento e um acesso tão rico quanto às ofertas concorrentes. Basta você decidir se aquilo já é o suficiente ou se você quer dar um upgrade para ter um acesso maior ainda ao catálogo que a Amazon oferece. De um modo ou de outro, ainda é uma oferta bem barata e que, se somada ao conjunto da obra, ainda fica em um preço bem abaixo do oferecido pelo resto do mercado.

Vale a pena assinar o Amazon Prime?

Tentando resumir, você tem duas formas de se comprometer com o Amazon Prime à princípio: por R$ 9,90 ao mês ou por R$ 89 ao ano. Ou você vai desembolsar a quantia de duas passagens de transporte público no mês, ou vai desembolsar uma quantia razoavelmente maior, mas que será única durante um ano inteiro – e que corresponde a uma economia de 25% se comparada com o plano mensal.

Definitivamente não é caro. Principalmente, se você costuma comprar pela internet ou, simplesmente, gosta do acervo de vídeos do Prime Video. O que nos leva ao próximo tópico:

Se você está interessado, considere a possível economia a longo prazo. Não é só os R$ 9,90 ou os R$ 89. Se você tem o hábito de comprar pela internet, pense no quanto você irá economizar de frete e com as ofertas exclusivas. A Amazon hoje é realmente um dos maiores hubs de produtos da internet. Você pode achar praticamente o que quiser por lá. Com o Amazon Prime, ela pode se tornar uma das opções prioritárias para suas compras. Fideliza.

E é sobre isso que o Amazon Prime se propõe a ser. Um serviço de fidelidade.

Então vale. Vale muito a pena assinar o Amazon Prime. Principalmente se você quer ter em um só lugar, por um preço acessível, um pacote de benefícios completo que te dará acesso a séries, filmes, documentários, livros, música, games, produtos e ofertas exclusivas em um dos maiores players de tecnologia e varejo do mundo.