Sem alterar em nada o kernel, o bom samaritano Luke Hutch conseguiu que multitoque funcionasse nos seus aplicativos personalizados de Android no G1.

Este vídeo é um tanto voltado para programadores (que precisam entender inglês também), mas ele claramente demonstra a possível funcionalidade tanto do multitoque Android quanto da touchscreen do G1 (ver uma simulação do Google Maps de mais ou menos 4 minutos), além de limitações inevitáveis (a touchscreen da Synaptics não foi fisicamente projetada para multitoque e, portanto, tem uns problemas, por mais que sejam previsíveis.

Como dissemos antes, o Android é de fato bastante promissor. Eu, por exemplo, mal consigo esperar até ele ficar pronto de vez (ou pelo menos até todos pararem de temer as patentes de multitoque da Apple). Para os que têm G1 e estejam interessados em duplicar esta demo, o Hutch forneceu todos os softwares com instruções completas no seu site. [Luke Hutch via phandroid]